New International Version

Job 19

Job

1Then Job replied:

“How long will you torment me
    and crush me with words?
Ten times now you have reproached me;
    shamelessly you attack me.
If it is true that I have gone astray,
    my error remains my concern alone.
If indeed you would exalt yourselves above me
    and use my humiliation against me,
then know that God has wronged me
    and drawn his net around me.

“Though I cry, ‘Violence!’ I get no response;
    though I call for help, there is no justice.
He has blocked my way so I cannot pass;
    he has shrouded my paths in darkness.
He has stripped me of my honor
    and removed the crown from my head.
10 He tears me down on every side till I am gone;
    he uproots my hope like a tree.
11 His anger burns against me;
    he counts me among his enemies.
12 His troops advance in force;
    they build a siege ramp against me
    and encamp around my tent.

13 “He has alienated my family from me;
    my acquaintances are completely estranged from me.
14 My relatives have gone away;
    my closest friends have forgotten me.
15 My guests and my female servants count me a foreigner;
    they look on me as on a stranger.
16 I summon my servant, but he does not answer,
    though I beg him with my own mouth.
17 My breath is offensive to my wife;
    I am loathsome to my own family.
18 Even the little boys scorn me;
    when I appear, they ridicule me.
19 All my intimate friends detest me;
    those I love have turned against me.
20 I am nothing but skin and bones;
    I have escaped only by the skin of my teeth.[a]

21 “Have pity on me, my friends, have pity,
    for the hand of God has struck me.
22 Why do you pursue me as God does?
    Will you never get enough of my flesh?

23 “Oh, that my words were recorded,
    that they were written on a scroll,
24 that they were inscribed with an iron tool on[b] lead,
    or engraved in rock forever!
25 I know that my redeemer[c] lives,
    and that in the end he will stand on the earth.[d]
26 And after my skin has been destroyed,
    yet[e] in[f] my flesh I will see God;
27 I myself will see him
    with my own eyes—I, and not another.
    How my heart yearns within me!

28 “If you say, ‘How we will hound him,
    since the root of the trouble lies in him,[g]
29 you should fear the sword yourselves;
    for wrath will bring punishment by the sword,
    and then you will know that there is judgment.[h]

Notas al pie

  1. Job 19:20 Or only by my gums
  2. Job 19:24 Or and
  3. Job 19:25 Or vindicator
  4. Job 19:25 Or on my grave
  5. Job 19:26 Or And after I awake, / though this body has been destroyed, / then
  6. Job 19:26 Or destroyed, / apart from
  7. Job 19:28 Many Hebrew manuscripts, Septuagint and Vulgate; most Hebrew manuscripts me
  8. Job 19:29 Or sword, / that you may come to know the Almighty

Nova Versão Internacional

Jó 19

1Então Jó respondeu:

“Até quando vocês continuarão
    a atormentar-me,
e a esmagar-me com palavras?
Vocês já me repreenderam dez vezes;
não se envergonham de agredir-me!
Se é verdade que me desviei,
meu erro só interessa a mim.
Se de fato vocês se exaltam
    acima de mim
e usam contra mim
    a minha humilhação,
saibam que foi Deus
    que me tratou mal
e me envolveu em sua rede.

“Se grito: É injustiça!
    Não obtenho resposta;
clamo por socorro,
    todavia não há justiça.
Ele bloqueou o meu caminho,
    e não consigo passar;
cobriu de trevas as minhas veredas.
Despiu-me da minha honra
    e tirou a coroa de minha cabeça.
10 Ele me arrasa por todos os lados
    enquanto eu não me vou;
desarraiga a minha esperança
    como se arranca uma planta.
11 Sua ira acendeu-se contra mim;
    ele me vê como inimigo.
12 Suas tropas avançam poderosamente;
cercam-me e acampam
    ao redor da minha tenda.

13 “Ele afastou de mim
    os meus irmãos;
até os meus conhecidos
    estão longe de mim.
14 Os meus parentes me abandonaram
e os meus amigos
    esqueceram-se de mim.
15 Os meus hóspedes
    e as minhas servas
    consideram-me estrangeiro;
vêem-me como um estranho.
16 Chamo o meu servo,
    mas ele não me responde,
ainda que eu lhe implore
    pessoalmente.
17 Minha mulher acha repugnante
    o meu hálito;
meus próprios irmãos
    têm nojo de mim.
18 Até os meninos zombam de mim
e dão risada quando apareço.
19 Todos os meus amigos chegados
    me detestam;
aqueles a quem amo
    voltaram-se contra mim.
20 Não passo de pele e ossos;
escapei só com a pele
    dos meus dentes[a].

21 “Misericórdia, meus amigos!
    Misericórdia!
Pois a mão de Deus me feriu.
22 Por que vocês me perseguem
    como Deus o faz?
Nunca irão saciar-se da minha carne?

23 “Quem dera as minhas palavras
    fossem registradas!
Quem dera fossem escritas num livro,
24 fossem talhadas a ferro no chumbo[b],
ou gravadas para sempre na rocha!
25 Eu sei que o meu Redentor vive,
e que no fim se levantará
    sobre a terra[c].
26 E depois que o meu corpo
    estiver destruído[d] e sem[e] carne,
verei a Deus.
27 Eu o verei
    com os meus próprios olhos;
eu mesmo, e não outro!
Como anseia no meu peito o coração!

28 “Se vocês disserem:
‘Vejamos como vamos persegui-lo,
pois a raiz do problema está nele[f]’,
29 melhor será que temam a espada,
porquanto por meio dela
    a ira lhes trará castigo,
e então vocês saberão
    que há julgamento[g]”.

Notas al pie

  1. 19.20 Ou apenas com minha gengiva
  2. 19.24 Ou talhadas com ferramenta de ferro e chumbo
  3. 19.25 Ou sobre o meu túmulo
  4. 19.26 Ou E, depois de eu despertar, embora este corpo tenha sido destruído
  5. 19.26 Ou fora da
  6. 19.28 Conforme muitos manuscritos do Texto Massorético, a Septuaginta e a Vulgata. A maioria dos manuscritos do Texto Massorético diz em mim.
  7. 19.29 Ou vocês poderão vir a conhecer o Todo-poderoso