New International Reader's Version

Psalm 84

Psalm 84

For the director of music. According to gittith. A psalm of the Sons of Korah.

Lord who rules over all,
    how lovely is the place where you live!
I can’t wait to be in the courtyards of the Lord’s temple.
    I really want to be there.
My whole being cries out
    for the living God.

Lord who rules over all,
    even the sparrow has found a home near your altar.
My King and my God,
    the swallow also has a nest there,
    where she may have her young.
Blessed are those who live in your house.
    They are always praising you.

Blessed are those whose strength comes from you.
    They have firmly decided to travel to your temple.
As they pass through the dry Valley of Baka,
    they make it a place where water flows.
    The rain in the fall covers it with pools.
Those people get stronger as they go along,
    until each of them appears in Zion, where God lives.

Lord God who rules over all, hear my prayer.
    God of the people of Jacob, listen to me.
God, may you be pleased with your anointed king.
    You appointed him to be like a shield that keeps us safe.

10 A single day in your courtyards is better
    than a thousand anywhere else.
I would rather guard the door of the house of my God
    than live in the tents of sinful people.
11 The Lord God is like the sun that gives us light.
    He is like a shield that keeps us safe.
    The Lord blesses us with favor and honor.
He doesn’t hold back anything good
    from those whose lives are without blame.

12 Lord who rules over all,
    blessed is the person who trusts in you.

O Livro

Salmos 84

Salmo dos descendentes de Coré. Para o diretor do coro.

1Como é bom estar no teu templo,
ó Senhor dos exércitos!
Eu anseio, tenho um desejo profundo
de entrar nos átrios da tua habitação.
Todo o meu ser reclama a presença do Deus vivo!
Até os pardais e as andorinhas têm a felicidade
de poder abrigar-se e fazer o ninho,
para si e para os filhotes, perto do teu altar,
Senhor dos exércitos, meu Rei e meu Deus!
Felizes os que têm o privilégio de habitar na tua casa
cantando a ti louvores! (Pausa)

Felizes aqueles cuja força vem de ti
e desejam, de coração, peregrinar nos teus caminhos!
Quando atravessarem o vale de Baca[a],
farão dele um lugar de fontes,
um lugar cheio das chuvas das tuas bênçãos!
E assim, com as forças constantemente renovadas,
irão apresentar-se perante Deus, em Sião.

Ó Senhor, Deus dos exércitos, escuta a minha oração!
Inclina os teus ouvidos, ó Deus de Jacob! (Pausa)
Ó Deus, nosso defensor,
tem compaixão daquele que escolheste,
daquele que elegeste como rei!

10 Porque vale mais um dia passado nos teus átrios,
do que uma vida inteira noutro sítio qualquer.
Preferia ficar à porta da morada do meu Deus
a viver em palácios, onde haja maldade.
11 Porque o Senhor Deus é como um Sol e um escudo;
dá-nos a sua bondade e deseja honrar-nos.
Não negará bem algum aos que andam na retidão.

12 Senhor dos exércitos,
felizes são os que confiam em ti!

Notas al pie

  1. 84.6 Não se conhece a localização certa deste vale, nem o nome certo do mesmo. Aparece em hebraico com este nome, mas tem sido traduzido de diferentes formas, como vale árido. Havia neste vale umas plantas de bálsamo que pareciam chorar.