New International Reader's Version

Psalm 57

Psalm 57

For the director of music. A miktam of David when he had run away from Saul into the cave. To the tune of “Do Not Destroy.”

Have mercy on me, God. Have mercy on me.
    I go to you for safety.
I will find safety in the shadow of your wings.
    There I will stay until the danger is gone.

I cry out to God Most High.
    I cry out to God, and he shows that I am right.
He answers from heaven and saves me.
    He puts to shame those who chase me.
    He shows his love and that he is faithful.

Men who are like lions are all around me.
    I am forced to lie down among people who are like hungry animals.
Their teeth are like spears and arrows.
    Their tongues are like sharp swords.

God, may you be honored above the heavens.
    Let your glory be over the whole earth.

My enemies spread a net to catch me by the feet.
    I felt helpless.
They dug a pit in my path.
    But they fell into it themselves.

God, my heart feels secure.
    My heart feels secure.
    I will sing and make music to you.
My spirit, wake up!
    Harp and lyre, wake up!
    I want to sing and make music before the sun rises.

Lord, I will praise you among the nations.
    I will sing about you among the people of the earth.
10 Great is your love. It reaches to the heavens.
    Your truth reaches to the skies.

11 God, may you be honored above the heavens.
    Let your glory be over the whole earth.

O Livro

Salmos 57

(Sl 108.2-6)

Salmo de David. Quando se escondeu numa caverna, fugindo de Saul. Para o diretor do coro. Poema de instrução.

1Tem piedade de mim, ó Deus!
Tem piedade, porque a minha alma em ti se refugia.
Eu abrigo-me à sombra das tuas asas,
até que passem as calamidades.

Clamarei ao Deus altíssimo,
e que tudo faz por mim.
Ele enviará lá do alto o seu auxílio,
para me salvar dos que querem devorar-me; (Pausa)
Deus enviará o seu amor e a sua fidelidade.

Estou rodeado de leões ferozes,
de gente violenta com dentes mais afiados que punhais,
e cuja língua é uma faca cortante.

Ó Deus, engrandece-te acima dos céus!
Que a tua glória brilhe sobre toda a Terra!

Puseram uma rede no meu caminho;
a minha alma ficou abatida com temores.
Abriram uma cova para que eu caísse,
mas afinal foram eles que vieram a cair nela. (Pausa)

O meu coração está pronto, ó Deus;
não é de surpreender que te cante salmos.
Desperta, minha alma!
Que a harpa e a lira comecem a tocar!
Eu mesmo, ao romper do dia, cantarei a Deus.

Louvar-te-ei diante dos povos, Senhor;
no meio das nações cantar-te-ei salmos.
10 Pois a tua misericórdia chega aos céus
e a tua fidelidade até às nuvens.

11 Sim, ó Deus, engrandece-te acima dos céus!
Que a tua glória brilhe sobre toda a Terra!