New International Reader's Version

Psalm 27

Psalm 27

A psalm of David.

The Lord is my light, and he saves me.
    Why should I fear anyone?
The Lord is my place of safety.
    Why should I be afraid?
My enemies are evil.
    They will trip and fall
when they attack me
    and try to swallow me up.
Even if an army attacks me,
    my heart will not be afraid.
Even if war breaks out against me,
    I will still trust in God.

I’m asking the Lord for only one thing.
    Here is what I want.
I want to live in the house of the Lord
    all the days of my life.
I want to look at the beauty of the Lord.
    I want to worship him in his temple.
When I’m in trouble,
    he will keep me safe in his house.
He will hide me in the safety of his holy tent.
    He will put me on a rock that is very high.
Then I will win the battle
    over my enemies who are all around me.
At his holy tent I will offer my sacrifice with shouts of joy.
    I will sing and make music to the Lord.

Lord, hear my voice when I call out to you.
    Treat me with kindness and answer me.
My heart says, “Seek him!”
    Lord, I will seek you.
Don’t turn your face away from me.
    Don’t turn me away because you are angry.
    You have helped me.
God my Savior, don’t say no to me.
    Don’t desert me.
10 My father and mother may desert me,
    but the Lord will accept me.
11 Lord, teach me your ways.
    Lead me along a straight path.
    There are many people who treat me badly.
12 My enemies want to harm me. So don’t turn me over to them.
    Witnesses who tell lies are rising up against me.
    They say all sorts of evil things about me.

13 Here is something I am still sure of.
    I will see the Lord’s goodness
    while I’m still alive.
14 Wait for the Lord.
    Be strong and don’t lose hope.
    Wait for the Lord.

Nova Versão Internacional

Salmos 27

Salmo 27

Davídico.

O Senhor é a minha luz e a minha salvação;
    de quem terei temor?
O Senhor é o meu forte refúgio;
    de quem terei medo?
Quando homens maus avançarem contra mim
    para destruir-me[a],
eles, meus inimigos e meus adversários,
    é que tropeçarão e cairão.
Ainda que um exército se acampe contra mim,
    meu coração não temerá;
ainda que se declare guerra contra mim,
    mesmo assim estarei confiante.

Uma coisa pedi ao Senhor;
    é o que procuro:
que eu possa viver na casa do Senhor
    todos os dias da minha vida,
para contemplar a bondade do Senhor
    e buscar sua orientação no seu templo.
Pois no dia da adversidade
    ele me guardará protegido em sua habitação;
no seu tabernáculo me esconderá
    e me porá em segurança sobre um rochedo.
Então triunfarei sobre os inimigos
    que me cercam.
Em seu tabernáculo oferecerei sacrifícios
    com aclamações;
cantarei e louvarei ao Senhor.

Ouve a minha voz quando clamo, ó Senhor;
tem misericórdia de mim e responde-me.
A teu respeito diz o meu coração:
    Busque a minha face![b]
A tua face, Senhor, buscarei.
Não escondas de mim a tua face,
não rejeites com ira o teu servo;
tu tens sido o meu ajudador.
Não me desampares nem me abandones,
    ó Deus, meu salvador!
10 Ainda que me abandonem pai e mãe,
    o Senhor me acolherá.
11 Ensina-me o teu caminho, Senhor;
conduze-me por uma vereda segura
    por causa dos meus inimigos.
12 Não me entregues
    ao capricho dos meus adversários,
pois testemunhas falsas se levantam contra mim,
    respirando violência.

13 Apesar disso, esta certeza eu tenho:
    viverei até ver a bondade do Senhor na terra.
14 Espere no Senhor.
    Seja forte! Coragem!
    Espere no Senhor.

Notas al pie

  1. 27.2 Hebraico: devorar a minha carne.
  2. 27.8 Ou A você, ó meu coração, ele diz: “Busque a minha face!”