New International Reader's Version

Micah 1

1A message from the Lord came to Micah. He was from the town of Moresheth. The message came while Jotham, Ahaz and Hezekiah were kings of Judah. This is the vision Micah saw concerning Samaria and Jerusalem. Here is what he said.

Listen to me, all you nations!
    Earth and everyone who lives in it, pay attention!
The Lord and King will be a witness against you.
    The Lord will speak from his holy temple in heaven.

The Lord Will Judge Samaria and Jerusalem

The Lord is about to come down
    from his home in heaven.
    He rules over even the highest places on earth.
The mountains will melt under him
    like wax near a fire.
The valleys will be broken apart
    by water rushing down a slope.
All this will happen because
    Jacob’s people have done what is wrong.
The people of Israel
    have committed many sins.
Who is to blame
    for the wrong things Jacob has done?
    Samaria!
Who is to blame for the high places
    where Judah’s people worship other gods?
    Jerusalem!

So the Lord says,

“I will turn Samaria into a pile of trash.
    It will become a place for planting vineyards.
I will dump its stones down into the valley.
    And I will destroy it
    down to its very foundations.
All the statues of Samaria’s gods
    will be broken to pieces.
All the gifts its people gave to temple prostitutes
    will be burned with fire.
    I will destroy all the statues of its gods.
Samaria collected gifts that were paid to temple prostitutes.
    So the Assyrians will use the gifts
    to pay their own temple prostitutes.”

Micah Weeps Over His People

I will weep and mourn because Samaria will be destroyed.
    I’ll walk around barefoot and naked.
I’ll bark like a wild dog.
    I’ll hoot like an owl.
Samaria’s plague can’t be healed.
    The plague has spread to Judah.
It has spread right up to the gate of my people.
    It has spread to Jerusalem itself.
10 Don’t tell the people of Gath about it.
    Don’t let them see you weep.
    People in Beth Ophrah, roll in the dust.
11 You who live in the town of Shaphir,
    leave naked and in shame.
Those who live in Zaanan
    won’t come out to help you.
The people in Beth Ezel will mourn.
    They won’t be able to help keep you safe any longer.
12 Those who live in Maroth will groan with pain
    as they wait for help.
That’s because the Lord will bring trouble on them.
    It will reach the very gate of Jerusalem.
13 You who live in Lachish,
    get your fast horses ready to pull their chariots.
You trust in military power.
    Lachish was where sin began
    for the people of Zion.
The wrong things Israel did
    were also done by you.
14 People of Judah, you might as well say goodbye
    to Moresheth near Gath.
The town of Akzib won’t give any help
    to the kings of Israel.
15 An enemy will attack
    you who live in Mareshah.
Israel’s nobles will have to run away
    and hide in the cave of Adullam.
16 The children you enjoy so much
    will be taken away as prisoners.
So shave your heads and mourn.
    Make them as bare as the head of a vulture.

O Livro

Miquéias 1

1Estas são as mensagens que, da parte do Senhor, foram comunicadas a Miqueias, o morastita, durante os reinados de Jotão, Acaz e Ezequias, reis de Judá. Estas palavras dirigem-se a Samaria e a Judá. Miqueias recebeu-as na forma de visões.

Julgamento contra Samaria e Judá

Prestem atenção! Que todos os povos do mundo ouçam! O Senhor Deus no seu santo templo tem acusações contra vocês!

O Senhor está a chegar! Está a deixar o seu trono no céu e vem até à Terra, andando no cimo dos montes. Estes derretem-se sob os seus pés e escorrem em direção aos vales, como cera ante o fogo, como água jorrando duma encosta.

Por que razão está isto a acontecer? Por causa dos pecados de Jacob e de Israel. Qual é o pecado de Jacob? Porventura não é Samaria? Qual é o altar idólatra de Judá? Não será Jerusalém?

“Por isso, farei da cidade de Samaria um montão de ruínas. Será transformada num campo aberto; as suas ruas serão lavradas para se plantarem vinhas. Eu deitarei abaixo as muralhas, deixando os alicerces a descoberto; os blocos de pedra dessas construções rolarão até aos vales em baixo. Todas as imagens esculpidas que ali havia serão feitas em mil pedaços; os templos da idolatria, belamente decorados, erguidos com o dinheiro pago a prostitutas, também em templos de prostituição se tornarão.”

O lamento de Miqueias

Por isso, levanto este lamento que é semelhante ao uivo dum chacal, ao grito duma coruja do deserto, atravessando as areias dum deserto de noite. Andarei despido e descalço, na tristeza e na vergonha. Porque a ferida do meu povo é demasiado profunda para se curar; estendeu-se por Judá; chegou até à porta de Jerusalém. 10 Não o declarem em Gate! Não chorem! Em Bete-Le-Afra revolve-te no pó com angústia e vergonha. 11 Ali vão os moradores de Safir, levados como escravos, desamparados, nus, envergonhados. O povo de Zaanãa nem ousa sequer mostrar-se fora das suas muralhas. Os alicerces de Bete-Ezel foram descobertos e desapareceram; eram os únicos fundamentos sobre os quais se mantinha. 12 O povo de Marote em vão esperou por melhores dias; mas é só a amargura que os espera, enquanto o Senhor se mantiver contra Jerusalém.

13 Depressa! Preparem já os vossos carros mais rápidos e fujam neles, ó povo de Laquis! Porque vocês foram os primeiros, de todas as cidades de Sião, a seguir Israel no seu pecado de idolatria. Todas as outras cidades do sul foram depois atrás do vosso exemplo.

14 Por isso, darás presentes de despedida a Moresete de Gate; não há esperança de salvação para eles. A cidade de Aczibe enganou os reis de Israel, pois prometeu uma ajuda que não pode dar. 15 Vocês, gente de Maressa, tornar-se-ão um prémio para aqueles que vos tomarem. Aquele que é a glória de Israel virá até Adulão.

16 Chorem, chorem pelas vossas criancinhas! Rapem os cabelos até ficarem calvos como a águia! Rapem as vossas cabeças em sinal de pesar, porque os vossos filhos foram levados para o exílio!