Nkwa Asem

Nnwom 66

Ayeyi ne aseda dwom

1Nnipa nyinaa, momfa ahosɛpɛw nto ayeyi dwom mma Onyankopɔn! Monto, nkamfo ne din. Monkamfo n’anuonyam!

Munse Onyankopɔn se, “Wo nsa ano nnwuma yɛ nwonwa. Wo tumi so kosi sɛ w’atamfo de suro kotow w’anim. Obiara a ɔwɔ asase so kotow wo. Wɔto dwom de kamfo wo; wɔto dwom de kamfo wo din. Mommra mmɛhwɛ nea Onyankopɔn ayɛ; anwonwade a wayɛ wɔ nnipa mu. Ɔmaa ɛpo yɛɛ asase kesee; yɛn nenanom de wɔn nan twaa asu no. Ɛhɔ na nea ɔyɛe no nti, yɛn ani gyei.

Ne tumi nti, odi hene daa daa, na ɔde n’ani nso hwɛ aman so. Mma dɔm nnsɔre nntia no.

Aman nyinaa, monkamfo yɛn Nyankopɔn; momma wɔnte mo nkamfo no. Wama yɛte nkwa mu na ɔmma ho kwan mma yɛnhwe ase. 10 Onyankopɔn, woasɔ yɛn ahwɛ. Sɛnea ogya hoa dwetɛ ho no, saa ara na woasɔ yɛn ahwɛ. 11 Womaa firi yii yɛn na wode nnosoa a ɛyɛ duru guu yɛn akyi. 12 Womaa yɛn atamfo twiw faa yɛn so. Yɛfaa ogya ne nsuyiri mu, nanso mprempren wode yɛn abedu baabi a asomdwoe wɔ.

13 Mede ɔhyew afɔre bɛba wo fi; mede nea mehyɛɛ wo ho bɔ no bɛma wo. 14 Mede nea mekae se mede bɛma wo bere a na mewɔ ɔhaw mu no, bɛma wo. 15 Mɛma oguan, na wɔahyew no afɔremuka no so. Mede anantwinini ne mmirekyi bɛbɔ afɔre no, na wusiw no akɔ soro tee.

16 Mo a mohyɛ Onyankopɔn anuonyam nyinaa mommra mmetie, na mɛka nea wayɛ ama me akyerɛ mo. 17 Misu frɛɛ no sɛ ɔmmoa me; metoo nnwom kamfoo no. 18 Sɛ midii me bɔne akyi a, anka Awurade rentie me. 19 Nanso, nokwarem, Onyankopɔn atie me, watie me mpaebɔ.

20 Mekamfo Onyankopɔn efisɛ, wampo me mpaebɔ na wannyae ne dɔ a ɔde dɔ me daa no.

O Livro

Salmos 66

Cântico e Salmo.

Para o director do coro.

1Que a Terra inteira cante ao Senhor com toda a alegria.
Que seja cantada toda a força do seu nome.
Que o mundo todo diga como Deus é maravilhoso!
Como as tuas obras são tremendas, ó Deus!
O teu poder é tão grande
    que não admira que os teus inimigos se rendam.
Toda a Terra te adorará e te cantará louvores,
    exaltando o teu nome.

Venham ver as obras de Deus!
Que coisas admiráveis ele tem feito com o seu povo!
Abriu-lhes um caminho através do mar, e passaram-no a pé.
Que grande alegria houve naquele dia!
Deus tudo domina eternamente,
    pelo seu grande poder.
Ele observa constantemente as nações da Terra.
Não se engrandeçam pois as gentes rebeldes.

Que os povos digam todo o bem que há em Deus,
    e que lhe façam ouvir as suas vozes em louvor.
Porque sustenta a nossa vida nas suas mãos,
    e não deixa que resvalemos no nosso caminho.

10 Tu, ó Deus, nos purificaste, como a prata, num cadinho.
11 Meteste-nos na tua rede.
Puseste-nos às costas fardos bem pesados.
12 Deixaste que homens cavalgassem sobre os nossos corpos esmagados.
Passámos pelo fogo e pelas torrentes de águas.
Mas finalmente trouxeste-nos para a abundância.

13 Por isso virei até à tua casa com santos sacrifícios,
    para pagar os meus votos.
14 Pois foi quando estava no meio da aflição
    que te fiz essas solenes promessas.
15 Assim te ofereço aqui estes perfeitos animais,
    gordos carneiros e bezerros,
    cujo fumo de sacrifício subirá para ti.

16 Venham ouvir,
    todos os que temem o Senhor,
    e vos contarei o que ele fez por mim.
17 Clamei-o por socorro,
exaltei-o com a minha boca.
18 Se eu tivesse guardado a iniquidade no meu coração
    ele não me teria ouvido.
19 Mas na realidade ouviu-me.
Prestou atenção à minha oração.

20 Bendito seja Deus que não recusou ouvir-me,
    e não me negou a sua misericórdia.