Nkwa Asem

Nnwom 144

Ɔhene da Onyankopɔn ase nkonimdi ho

1Kamfo Awurade, me hwɛfo! Ɔkyerɛkyerɛ me, siesie me ma ɔko. Ɔyɛ me hwɛfo, me guankɔbea ne m’agyenkwa a mede me ho to ne so. Ɔbrɛ aman a wɔhyɛ m’ase no ase.

Awurade, dɛn ne onipa a wuhu no yi? Onipa teta a w’ani ku ne ho? Ɔte sɛ mframa mu tutuw; ne nna te sɛ sunsuma a ɛretwam. O Awurade, pae ɔsoro mu na sian bra fam. Fa wo nsa ka mmepɔw na ebefi wusiw. Ma anyinam mpaapae na bɔ w’atamfo hwete; tow w’agyan na wonguan.

Fi soro sian. Yi me fi subon mu na gye me. Gye me fi ananafo tumi ase, wɔn a wɔnka nokware na mpo wotwa atoro wɔ ntanka akyi no.

Mɛto dwom foforo ama wo, O Onyankopɔn; mɛbɔ sanku na mato dwom mama wo. 10 Ma ahene nni nkonim na gye wo somfo Dawid. 11 Gye me fi m’atamfo atirimɔdenfo nsam; gye me fi ananafo tumi ase; wɔn a wɔnka nokware na mpo wotwa atoro wɔ ntanka akyi no.

12 Ma yɛn mma mmarima nnyin wɔ wɔn mmabun mu sɛ afifide a enyin ahoɔden so no. Ma yɛn mma mma nyɛ sɛ ɔman adum a wɔde asiesie ahemfi twea so. 13 Ma yɛmfa afude nyinaa bi nhyɛ pata so ma. Ma yɛn nguan nwo mpempem. 14 Ma yɛn anantwi nwo bebree a wɔmpɔn na wɔn mu bi nso nyera. Mma osu ne awerɛhow mma yɛn aborɔn so. 15 Nhyira nka ɔman a ɛbɛba mu saa ama no. Nhyira nka nnipa a wɔn Nyankopɔn ne Awurade!

Nova Versão Internacional

Salmos 144

Salmo 144

Davídico.

Bendito seja o Senhor, a minha Rocha,
que treina as minhas mãos para a guerra
    e os meus dedos para a batalha.
Ele é o meu aliado fiel, a minha fortaleza,
    a minha torre de proteção
    e o meu libertador,
é o meu escudo, aquele em quem me refugio.
Ele subjuga a mim os povos[a].

Senhor, que é o homem
    para que te importes com ele,
ou o filho do homem
    para que por ele te interesses?
O homem é como um sopro;
seus dias são como uma sombra passageira.

Estende, Senhor, os teus céus e desce;
toca os montes para que fumeguem.
Envia relâmpagos e dispersa os inimigos;
atira as tuas flechas e faze-os debandar.
Das alturas, estende a tua mão e liberta-me;
salva-me da imensidão das águas,
    das mãos desses estrangeiros,
que têm lábios mentirosos
    e que, com a mão direita erguida,
    juram falsamente.

Cantarei uma nova canção a ti, ó Deus;
tocarei para ti a lira de dez cordas,
10 para aquele que dá vitória aos reis,
que livra o seu servo Davi
    da espada mortal.

11 Dá-me libertação;
salva-me das mãos dos estrangeiros,
    que têm lábios mentirosos
    e que, com a mão direita erguida,
    juram falsamente.

12 Então, na juventude,
os nossos filhos serão como plantas viçosas,
e as nossas filhas, como colunas
    esculpidas para ornar um palácio.
13 Os nossos celeiros estarão cheios
    das mais variadas provisões.
Os nossos rebanhos se multiplicarão
    aos milhares,
às dezenas de milhares em nossos campos;
14 o nosso gado dará suas crias;
não haverá praga alguma nem aborto.[b]
Não haverá gritos de aflição em nossas ruas.

15 Como é feliz o povo assim abençoado!
    Como é feliz o povo cujo Deus é o Senhor!

Notas al pie

  1. 144.2 Conforme muitos manuscritos do Texto Massorético, os manuscritos do mar Morto, a Versão Siríaca e algumas outras versões antigas. A maioria dos manuscritos do Texto Massorético diz o meu povo.
  2. 144.14 Ou os nossos distritos não terão sobrecarga; não haverá invasão nem exílio.