The Message

Psalm 63

A David Psalm, When He Was out in the Judean Wilderness

1God—you’re my God!
    I can’t get enough of you!
I’ve worked up such hunger and thirst for God,
    traveling across dry and weary deserts.

2-4 So here I am in the place of worship, eyes open,
    drinking in your strength and glory.
In your generous love I am really living at last!
    My lips brim praises like fountains.
I bless you every time I take a breath;
    My arms wave like banners of praise to you.

5-8 I eat my fill of prime rib and gravy;
    I smack my lips. It’s time to shout praises!
If I’m sleepless at midnight,
    I spend the hours in grateful reflection.
Because you’ve always stood up for me,
    I’m free to run and play.
I hold on to you for dear life,
    and you hold me steady as a post.

9-11 Those who are out to get me are marked for doom,
    marked for death, bound for hell.
They’ll die violent deaths;
    jackals will tear them limb from limb.
But the king is glad in God;
    his true friends spread the joy,
While small-minded gossips
    are gagged for good.

O Livro

Salmos 63

Salmo de David. Quando se encontrava no deserto de Judá.

1Ó Deus, meu Deus,
bem cedo, desde que acordo, eu te procuro!
A minha alma tem sede de ti,
todo o meu ser anseia encontrar-te,
como terra ressequida onde não há gota de água.

Eu gostaria de ver, no santuário,
a tua força e o teu esplendor!
Porque, para mim, a tua bondade
vale mais que a própria vida.
Quero louvar-te com os meus lábios!
Enquanto viver, bendirei o teu nome,
levantando a ti as minhas mãos.
A minha alma ficará feliz
como quando nos servimos dos mais ricos alimentos.
Louvar-te-ei com enorme alegria!

De noite, lembro-me de ti;
quando fico acordado, penso em ti.
Tens sido o meu verdadeiro auxílio;
feliz cantarei debaixo da sombra das tuas asas!
A minha alma segue-te bem de perto;
o teu braço hábil e forte mantém a minha vida.

Os que andam atrás de mim, para me destruir,
descerão às profundezas do abismo.
10 Estão condenados a serem mortos na luta,
hão de tornar-se o alimento de raposas.

11 Eu, o rei, me regozijarei em Deus.
Todos os que confiam plenamente em Deus
serão altamente recompensados.
Os mentirosos, esses ficarão reduzidos ao silêncio!