The Message

Psalm 27

A David Psalm

1Light, space, zest—
    that’s God!
So, with him on my side I’m fearless,
    afraid of no one and nothing.

    When vandal hordes ride down
    ready to eat me alive,
Those bullies and toughs
    fall flat on their faces.

When besieged,
    I’m calm as a baby.
When all hell breaks loose,
    I’m collected and cool.

I’m asking God for one thing,
    only one thing:
To live with him in his house
    my whole life long.
I’ll contemplate his beauty;
    I’ll study at his feet.

That’s the only quiet, secure place
    in a noisy world,
The perfect getaway,
    far from the buzz of traffic.

God holds me head and shoulders
    above all who try to pull me down.
I’m headed for his place to offer anthems
    that will raise the roof!
Already I’m singing God-songs;
    I’m making music to God.

7-9 Listen, God, I’m calling at the top of my lungs:
    “Be good to me! Answer me!”
When my heart whispered, “Seek God,”
    my whole being replied,
“I’m seeking him!”
    Don’t hide from me now!

9-10 You’ve always been right there for me;
    don’t turn your back on me now.
Don’t throw me out, don’t abandon me;
    you’ve always kept the door open.
My father and mother walked out and left me,
    but God took me in.

11-12 Point me down your highway, God;
    direct me along a well-lighted street;
    show my enemies whose side you’re on.
Don’t throw me to the dogs,
    those liars who are out to get me,
    filling the air with their threats.

13-14 I’m sure now I’ll see God’s goodness
    in the exuberant earth.
Stay with God!
    Take heart. Don’t quit.
I’ll say it again:
    Stay with God.

Nova Versão Internacional

Salmos 27

Salmo 27

Davídico.

O Senhor é a minha luz e a minha salvação;
    de quem terei temor?
O Senhor é o meu forte refúgio;
    de quem terei medo?
Quando homens maus avançarem contra mim
    para destruir-me[a],
eles, meus inimigos e meus adversários,
    é que tropeçarão e cairão.
Ainda que um exército se acampe contra mim,
    meu coração não temerá;
ainda que se declare guerra contra mim,
    mesmo assim estarei confiante.

Uma coisa pedi ao Senhor;
    é o que procuro:
que eu possa viver na casa do Senhor
    todos os dias da minha vida,
para contemplar a bondade do Senhor
    e buscar sua orientação no seu templo.
Pois no dia da adversidade
    ele me guardará protegido em sua habitação;
no seu tabernáculo me esconderá
    e me porá em segurança sobre um rochedo.
Então triunfarei sobre os inimigos
    que me cercam.
Em seu tabernáculo oferecerei sacrifícios
    com aclamações;
cantarei e louvarei ao Senhor.

Ouve a minha voz quando clamo, ó Senhor;
tem misericórdia de mim e responde-me.
A teu respeito diz o meu coração:
    Busque a minha face![b]
A tua face, Senhor, buscarei.
Não escondas de mim a tua face,
não rejeites com ira o teu servo;
tu tens sido o meu ajudador.
Não me desampares nem me abandones,
    ó Deus, meu salvador!
10 Ainda que me abandonem pai e mãe,
    o Senhor me acolherá.
11 Ensina-me o teu caminho, Senhor;
conduze-me por uma vereda segura
    por causa dos meus inimigos.
12 Não me entregues
    ao capricho dos meus adversários,
pois testemunhas falsas se levantam contra mim,
    respirando violência.

13 Apesar disso, esta certeza eu tenho:
    viverei até ver a bondade do Senhor na terra.
14 Espere no Senhor.
    Seja forte! Coragem!
    Espere no Senhor.

Notas al pie

  1. 27.2 Hebraico: devorar a minha carne.
  2. 27.8 Ou A você, ó meu coração, ele diz: “Busque a minha face!”