The Message

Proverbs 6

Like a Deer from the Hunter

11-5 Dear friend, if you’ve gone into hock with your neighbor
    or locked yourself into a deal with a stranger,
If you’ve impulsively promised the shirt off your back
    and now find yourself shivering out in the cold,
Friend, don’t waste a minute, get yourself out of that mess.
    You’re in that man’s clutches!
    Go, put on a long face; act desperate.
Don’t procrastinate—
    there’s no time to lose.
Run like a deer from the hunter,
    fly like a bird from the trapper!

A Lesson from the Ant

6-11 You lazy fool, look at an ant.
    Watch it closely; let it teach you a thing or two.
Nobody has to tell it what to do.
    All summer it stores up food;
    at harvest it stockpiles provisions.
So how long are you going to laze around doing nothing?
    How long before you get out of bed?
A nap here, a nap there, a day off here, a day off there,
    sit back, take it easy—do you know what comes next?
Just this: You can look forward to a dirt-poor life,
    poverty your permanent houseguest!

Always Cooking Up Something Nasty

12-15 Riffraff and rascals
    talk out of both sides of their mouths.
They wink at each other, they shuffle their feet,
    they cross their fingers behind their backs.
Their perverse minds are always cooking up something nasty,
    always stirring up trouble.
Catastrophe is just around the corner for them,
    a total smashup, their lives ruined beyond repair.

Seven Things God Hates

16-19 Here are six things God hates,
    and one more that he loathes with a passion:

eyes that are arrogant,
a tongue that lies,
hands that murder the innocent,
a heart that hatches evil plots,
feet that race down a wicked track,
a mouth that lies under oath,
a troublemaker in the family.

Warning on Adultery

20-23 Good friend, follow your father’s good advice;
    don’t wander off from your mother’s teachings.
Wrap yourself in them from head to foot;
    wear them like a scarf around your neck.
Wherever you walk, they’ll guide you;
    whenever you rest, they’ll guard you;
    when you wake up, they’ll tell you what’s next.
For sound advice is a beacon,
    good teaching is a light,
    moral discipline is a life path.

24-35 They’ll protect you from wanton women,
    from the seductive talk of some temptress.
Don’t lustfully fantasize on her beauty,
    nor be taken in by her bedroom eyes.
You can buy an hour with a whore for a loaf of bread,
    but a wanton woman may well eat you alive.
Can you build a fire in your lap
    and not burn your pants?
Can you walk barefoot on hot coals
    and not get blisters?
It’s the same when you have sex with your neighbor’s wife:
    Touch her and you’ll pay for it. No excuses.
Hunger is no excuse
    for a thief to steal;
When he’s caught he has to pay it back,
    even if he has to put his whole house in hock.
Adultery is a brainless act,
    soul-destroying, self-destructive;
Expect a bloody nose, a black eye,
    and a reputation ruined for good.
For jealousy detonates rage in a cheated husband;
    wild for revenge, he won’t make allowances.
Nothing you say or pay will make it all right;
    neither bribes nor reason will satisfy him.

Nova Versão Internacional

Provérbios 6

Advertências contra a Insensatez

1Meu filho, se você serviu de fiador
    do seu próximo,
se, com um aperto de mãos,
    empenhou-se por um estranho
e caiu na armadilha
    das palavras que você mesmo disse,
está prisioneiro do que falou.
Então, meu filho,
uma vez que você caiu
    nas mãos do seu próximo,
    vá e humilhe-se;
insista, incomode o seu próximo!
Não se entregue ao sono,
não procure descansar.
Livre-se como a gazela se livra do caçador,
como a ave do laço que a pode prender.

Observe a formiga, preguiçoso,
reflita nos caminhos dela e seja sábio!
Ela não tem nem chefe,
    nem supervisor, nem governante,
e ainda assim armazena
    as suas provisões no verão
e na época da colheita
    ajunta o seu alimento.

Até quando você vai ficar deitado,
    preguiçoso?
Quando se levantará de seu sono?
10 Tirando uma soneca,
    cochilando um pouco,
cruzando um pouco os braços
    para descansar,
11 a sua pobreza o surpreenderá
    como um assaltante,
e a sua necessidade lhe sobrevirá
    como um homem armado.
12 O perverso não tem caráter.
Anda de um lado para o outro
    dizendo coisas maldosas;
13 pisca o olho, arrasta os pés
    e faz sinais com os dedos;
14 tem no coração
    o propósito de enganar;
planeja sempre o mal e semeia discórdia.
15 Por isso a desgraça
    se abaterá repentinamente sobre ele;
de um golpe será destruído,
    irremediavelmente.

16 Há seis coisas que o Senhor odeia,
    sete coisas que ele detesta:
17 olhos altivos, língua mentirosa,
    mãos que derramam sangue inocente,
18 coração que traça planos perversos,
    pés que se apressam para fazer o mal,
19 a testemunha falsa que espalha mentiras
    e aquele que provoca discórdia
    entre irmãos.

Advertências contra o Adultério

20 Meu filho,
obedeça aos mandamentos de seu pai
e não abandone o ensino de sua mãe.
21 Amarre-os sempre junto ao coração;
ate-os ao redor do pescoço.
22 Quando você andar, eles o guiarão;
quando dormir,
    o estarão protegendo;
quando acordar, falarão com você.
23 Pois o mandamento é lâmpada,
a instrução é luz,
e as advertências da disciplina
    são o caminho que conduz à vida;
24 eles o protegerão da mulher imoral,
e dos falsos elogios da mulher leviana[a].
25 Não cobice em seu coração a sua beleza
nem se deixe seduzir por seus olhares,
26 pois o preço de uma prostituta
    é um pedaço de pão,
mas a adúltera sai à caça
    de vidas preciosas.
27 Pode alguém colocar fogo no peito
    sem queimar a roupa?
28 Pode alguém andar sobre brasas
    sem queimar os pés?
29 Assim acontece com quem se deita
    com mulher alheia;
ninguém que a toque ficará sem castigo.

30 O ladrão não é desprezado
    se, faminto, rouba para matar a fome.[b]
31 Contudo, se for pego,
    deverá pagar sete vezes o que roubou,
embora isso lhe custe
    tudo o que tem em casa.
32 Mas o homem que comete adultério
    não tem juízo;
todo aquele que assim procede
    a si mesmo se destrói.
33 Sofrerá ferimentos e vergonha,
    e a sua humilhação jamais se apagará,
34 pois o ciúme desperta a fúria do marido,
que não terá misericórdia
    quando se vingar.
35 Não aceitará nenhuma compensação;
os melhores presentes não o acalmarão.

Notas al pie

  1. 6.24 Ou adúltera; também em 7.5.
  2. 6.30 Ou a fome?