The Message

Jeremiah 1

Demolish, and Then Start Over

11-4 The Message of Jeremiah son of Hilkiah of the family of priests who lived in Anathoth in the country of Benjamin. God’s Message began to come to him during the thirteenth year that Josiah son of Amos reigned over Judah. It continued to come to him during the time Jehoiakim son of Josiah reigned over Judah. And it continued to come to him clear down to the fifth month of the eleventh year of the reign of Zedekiah son of Josiah over Judah, the year that Jerusalem was taken into exile. This is what God said:

“Before I shaped you in the womb,
    I knew all about you.
Before you saw the light of day,
    I had holy plans for you:
A prophet to the nations—
    that’s what I had in mind for you.”

But I said, “Hold it, Master God! Look at me.
    I don’t know anything. I’m only a boy!”

7-8 God told me, “Don’t say, ‘I’m only a boy.’
    I’ll tell you where to go and you’ll go there.
I’ll tell you what to say and you’ll say it.
    Don’t be afraid of a soul.
I’ll be right there, looking after you.”
    God’s Decree.

9-10 God reached out, touched my mouth, and said,
    “Look! I’ve just put my words in your mouth—hand-delivered!
See what I’ve done? I’ve given you a job to do
    among nations and governments—a red-letter day!
Your job is to pull up and tear down,
    take apart and demolish,
And then start over,
    building and planting.”

Stand Up and Say Your Piece

11-12 God’s Message came to me: “What do you see, Jeremiah?”
    I said, “A walking stick—that’s all.”
And God said, “Good eyes! I’m sticking with you.
    I’ll make every word I give you come true.”

13-15 God’s Message came again: “So what do you see now?”
    I said, “I see a boiling pot, tipped down toward us.”
Then God told me, “Disaster will pour out of the north
    on everyone living in this land.
Watch for this: I’m calling all the kings out of the north.”
    God’s Decree.

15-16 “They’ll come and set up headquarters
    facing Jerusalem’s gates,
Facing all the city walls,
    facing all the villages of Judah.
I’ll pronounce my judgment on the people of Judah
    for walking out on me—what a terrible thing to do!—
And courting other gods with their offerings,
    worshiping as gods sticks they’d carved, stones they’d painted.

17 “But you—up on your feet and get dressed for work!
    Stand up and say your piece. Say exactly what I tell you to say.
Don’t pull your punches
    or I’ll pull you out of the lineup.

18-19 “Stand at attention while I prepare you for your work.
    I’m making you as impregnable as a castle,
Immovable as a steel post,
    solid as a concrete block wall.
You’re a one-man defense system
    against this culture,
Against Judah’s kings and princes,
    against the priests and local leaders.
They’ll fight you, but they won’t
    even scratch you.
I’ll back you up every inch of the way.”
    God’s Decree.

O Livro

Jeremias 1

1Estas são as mensagens de Deus a Jeremias o sacerdote (filho de Hilquias) que viveu na cidade de Anatote, na terra de Benjamim. A primeira destas mensagens foi-lhe transmitida no décimo terceiro ano do reinado de Josias, filho a Amom, rei de Judá. As outras foram no reinado de Joaquim (filho de Josias), rei de Judá, e em várias outras vezes até Agosto do ano décimo primeiro do reinado de Zedequias (filho de Josias), rei de Judá, em que Jerusalém foi tomada e o seu povo levado cativo como escravos.

A chamada de Jeremias

O Senhor disse-me: “Conheci-te antes que fosses formado dentro do ventre de tua mãe; antes de teres nascido te santifiquei e te nomeei como meu porta-voz para o mundo.”

“Oh, Senhor Deus”, disse eu, “não posso fazer isso! Sou ainda tão novo! Sou apenas um moço!”

“Não digas isso”, replicou-me ele, “porque irás onde eu te mandar e dirás tudo o que te indicar. E não tenhas medo do povo, porque eu, o Senhor, serei contigo para te livrar.”

9/10 Então tocou-me na boca e disse: “Vê, pus as minhas palavras na tua boca! Hoje começa o teu serviço de advertir as nações e os governos do mundo. De acordo com as minhas palavras, ditas através da tua boca, derribarei alguns deles para os liquidar, e estabelecerei outros e os alimentarei, tornando-os fortes e grandes.”

11 Então o Senhor disse-me: “Repara Jeremias! O que vês tu?”

E respondi: “Vejo uma vara feita de um ramo de amendoeira.”

12 “É verdade, e significa isso que eu estou certamente atento a que a minha palavra se cumpra.”

13 Depois o Senhor tornou a perguntar-me: “E agora, que vês tu?”

Eu respondi: “Vejo um recipiente com água a ferver, virado para o sul e derramando-se sobre Judá.”

14 “Sim, é isso mesmo. Porque terror vindo do norte ferverá sobre todo o povo desta terra. 15/16 Estou a convocar os exércitos nas nações do norte para que venham a Jerusalém e ponham os seus tronos nas entradas da cidade e ao longo das suas muralhas, assim como em todas as outras cidades de Judá. Esta é a forma como hei-de castigar o meu povo por me ter abandonado, e por ter ido queimar incenso a outros deuses — ídolos feitos por eles próprios!

17 Levanta-te então, veste-te, e vai dizer-lhes tudo o que eu te disser. Não tenhas receio deles, pois doutra forma não terás a força necessária para te confrontares com eles. 18/19 Porque farei que te tornes inabalável perante os seus ataques. Eles não poderão ferir-te. Serás tão forte como uma cidade fortificada, que seja impossível capturar, como uma coluna de ferro, como pesados portões de bronze. Nenhum rei de Judá, nem os seus nobres ou sacerdotes, nem o povo, poderão prevalecer contra ti. Eles tentarão, sim, mas não conseguirão, pois que estou contigo”, diz o Senhor; “eu te livrarei!”