The Message

Isaiah 1

Messages of Judgment

Quit Your Worship Charades

1The vision that Isaiah son of Amoz saw regarding Judah and Jerusalem during the times of the kings of Judah: Uzziah, Jotham, Ahaz, and Hezekiah.

2-4 Heaven and earth, you’re the jury.
    Listen to God’s case:
“I had children and raised them well,
    and they turned on me.
The ox knows who’s boss,
    the mule knows the hand that feeds him,
But not Israel.
    My people don’t know up from down.
Shame! Misguided God-dropouts,
    staggering under their guilt-baggage,
Gang of miscreants,
    band of vandals—
My people have walked out on me, their God,
    turned their backs on The Holy of Israel,
    walked off and never looked back.

5-9 “Why bother even trying to do anything with you
    when you just keep to your bullheaded ways?
You keep beating your heads against brick walls.
    Everything within you protests against you.
From the bottom of your feet to the top of your head,
    nothing’s working right.
Wounds and bruises and running sores—
    untended, unwashed, unbandaged.
Your country is laid waste,
    your cities burned down.
Your land is destroyed by outsiders while you watch,
    reduced to rubble by barbarians.
Daughter Zion is deserted—
    like a tumbledown shack on a dead-end street,
Like a tarpaper shanty on the wrong side of the tracks,
    like a sinking ship abandoned by the rats.
If God-of-the-Angel-Armies hadn’t left us a few survivors,
    we’d be as desolate as Sodom, doomed just like Gomorrah.

10 “Listen to my Message,
    you Sodom-schooled leaders.
Receive God’s revelation,
    you Gomorrah-schooled people.

11-12 “Why this frenzy of sacrifices?”
    God’s asking.
“Don’t you think I’ve had my fill of burnt sacrifices,
    rams and plump grain-fed calves?
Don’t you think I’ve had my fill
    of blood from bulls, lambs, and goats?
When you come before me,
    whoever gave you the idea of acting like this,
Running here and there, doing this and that—
    all this sheer commotion in the place provided for worship?

13-17 “Quit your worship charades.
    I can’t stand your trivial religious games:
Monthly conferences, weekly Sabbaths, special meetings—
    meetings, meetings, meetings—I can’t stand one more!
Meetings for this, meetings for that. I hate them!
    You’ve worn me out!
I’m sick of your religion, religion, religion,
    while you go right on sinning.
When you put on your next prayer-performance,
    I’ll be looking the other way.
No matter how long or loud or often you pray,
    I’ll not be listening.
And do you know why? Because you’ve been tearing
    people to pieces, and your hands are bloody.
Go home and wash up.
    Clean up your act.
Sweep your lives clean of your evildoings
    so I don’t have to look at them any longer.
Say no to wrong.
    Learn to do good.
Work for justice.
    Help the down-and-out.
Stand up for the homeless.
    Go to bat for the defenseless.

Let’s Argue This Out

18-20 “Come. Sit down. Let’s argue this out.”
    This is God’s Message:
“If your sins are blood-red,
    they’ll be snow-white.
If they’re red like crimson,
    they’ll be like wool.
If you’ll willingly obey,
    you’ll feast like kings.
But if you’re willful and stubborn,
    you’ll die like dogs.”
That’s right. God says so.

Those Who Walk Out on God

21-23 Oh! Can you believe it? The chaste city
    has become a whore!
She was once all justice,
    everyone living as good neighbors,
And now they’re all
    at one another’s throats.
Your coins are all counterfeits.
    Your wine is watered down.
Your leaders are turncoats
    who keep company with crooks.
They sell themselves to the highest bidder
    and grab anything not nailed down.
They never stand up for the homeless,
    never stick up for the defenseless.

24-31 This Decree, therefore, of the Master, God-of-the-Angel-Armies,
    the Strong One of Israel:
“This is it! I’ll get my oppressors off my back.
    I’ll get back at my enemies.
I’ll give you the back of my hand,
    purge the junk from your life, clean you up.
I’ll set honest judges and wise counselors among you
    just like it was back in the beginning.
Then you’ll be renamed
    City-That-Treats-People-Right, the True-Blue City.”
God’s right ways will put Zion right again.
    God’s right actions will restore her penitents.
But it’s curtains for rebels and God-traitors,
    a dead end for those who walk out on God.
“Your dalliances in those oak grove shrines
    will leave you looking mighty foolish,
All that fooling around in god and goddess gardens
    that you thought was the latest thing.
You’ll end up like an oak tree
    with all its leaves falling off,
Like an unwatered garden,
    withered and brown.
‘The Big Man’ will turn out to be dead bark and twigs,
    and his ‘work,’ the spark that starts the fire
That exposes man and work both
    as nothing but cinders and smoke.”

Nova Versão Internacional

Isaías 1

1Visão que Isaías, filho de Amoz, teve a respeito de Judá e Jerusalém durante os reinados de Uzias, Jotão, Acaz e Ezequias, reis de Judá.

Uma Nação Rebelde

Ouçam, ó céus! Escute, ó terra!
    Pois o Senhor falou:
“Criei filhos e os fiz crescer,
    mas eles se revoltaram contra mim.
O boi reconhece o seu dono,
e o jumento conhece a manjedoura
    do seu proprietário,
mas Israel nada sabe,
o meu povo nada compreende”.

Ah, nação pecadora,
    povo carregado de iniqüidade!
Raça de malfeitores,
    filhos dados à corrupção!
Abandonaram o Senhor,
    desprezaram o Santo de Israel
e o rejeitaram.

Por que haveriam de continuar a ser castigados?
    Por que insistem na revolta?
A cabeça toda está ferida,
    todo o coração está sofrendo.
Da sola do pé ao alto da cabeça
    não há nada são;
somente machucados,
    vergões e ferimentos abertos,
que não foram limpos nem enfaixados
    nem tratados com azeite.

A terra de vocês está devastada,
    suas cidades foram destruídas a fogo;
os seus campos estão sendo tomados
    por estrangeiros, diante de vocês,
e devastados como a ruína que eles
    costumam causar.
Só restou a cidade[a] de Sião
como tenda numa vinha,
como abrigo numa plantação de melões,
como uma cidade sitiada.
Se o Senhor dos Exércitos
    não tivesse poupado alguns de nós,
já estaríamos como Sodoma
    e semelhantes a Gomorra.

10 Governantes de Sodoma,
    ouçam a palavra do Senhor!
Vocês, povo de Gomorra,
    escutem a instrução de nosso Deus!
11 “Para que me oferecem
    tantos sacrifícios?”,
pergunta o Senhor.
“Para mim, chega de holocaustos[b] de carneiros
    e da gordura de novilhos gordos.
Não tenho nenhum prazer
    no sangue de novilhos, de cordeiros e de bodes!
12 Quando vocês vêm à minha presença,
    quem lhes pediu que pusessem os pés em meus átrios?
13 Parem de trazer ofertas inúteis!
O incenso de vocês
    é repugnante para mim.
Luas novas, sábados e reuniões!
Não consigo suportar suas assembléias
    cheias de iniqüidade.
14 Suas festas da lua nova
    e suas festas fixas, eu as odeio.
Tornaram-se um fardo para mim;
    não as suporto mais!
15 Quando vocês estenderem as mãos em oração,
    esconderei de vocês os meus olhos;
mesmo que multipliquem
    as suas orações,
    não as escutarei!
As suas mãos estão cheias de sangue!
16 Lavem-se! Limpem-se!
Removam suas más obras
    para longe da minha vista!
Parem de fazer o mal,
17 aprendam a fazer o bem!
Busquem a justiça,
    acabem com a opressão.[c]
Lutem pelos direitos do órfão,
defendam a causa da viúva.

18 “Venham, vamos refletir juntos”,
    diz o Senhor.
“Embora os seus pecados
    sejam vermelhos como escarlate,
eles se tornarão brancos como a neve;
embora sejam rubros como púrpura,
    como a lã se tornarão.
19 Se vocês estiverem dispostos a obedecer,
    comerão os melhores frutos desta terra;
20 mas, se resistirem e se rebelarem,
    serão devorados pela espada.”
Pois o Senhor é quem fala!

21 Vejam como a cidade fiel
    se tornou prostituta!
Antes cheia de justiça
    e habitada pela retidão,
agora está cheia de assassinos!
22 Sua prata tornou-se escória,
    seu licor ficou aguado.
23 Seus líderes são rebeldes,
    amigos de ladrões;
todos eles amam o suborno
    e andam atrás de presentes.
Eles não defendem os direitos do órfão,
    e não tomam conhecimento
    da causa da viúva.
24 Por isso o Soberano,
    o Senhor dos Exércitos,
o Poderoso de Israel, anuncia:
“Ah! Derramarei minha ira
    sobre os meus adversários
    e me vingarei dos meus inimigos.
25 Voltarei minha mão contra você;
tirarei toda a sua escória
e removerei todas as suas impurezas.
26 Restaurarei os seus juízes como no passado,
    os seus conselheiros, como no princípio.
Depois disso você será chamada
    cidade de retidão, cidade fiel”.

27 Sião será redimida com justiça,
    com retidão os que se arrependerem.
28 Mas os rebeldes e os pecadores
    serão destruídos,
e os que abandonam o Senhor
    perecerão.

29 “Vocês se envergonharão
    dos carvalhos sagrados
    que tanto apreciam;
ficarão decepcionados
    com os jardins sagrados que escolheram.
30 Vocês serão como um terebinto
    cujas folhas estão caindo,
como um jardim sem água.
31 O poderoso se tornará como estopa,
    e sua obra como fagulha;
ambos serão queimados juntos
    sem que ninguém apague o fogo”.

Notas al pie

  1. 1.8 Hebraico: filha.
  2. 1.11 Isto é, sacrifícios totalmente queimados.
  3. 1.17 Ou repreendam o opressor.