The Message

2 Samuel 17

11-3 Next Ahithophel advised Absalom, “Let me handpick twelve thousand men and go after David tonight. I’ll come on him when he’s bone tired and take him by complete surprise. The whole army will run off and I’ll kill only David. Then I’ll bring the army back to you—a bride brought back to her husband! You’re only after one man, after all. Then everyone will be together in peace!”

Absalom thought it was an excellent strategy, and all the elders of Israel agreed.

But then Absalom said, “Call in Hushai the Arkite—let’s hear what he has to say.”

So Hushai came and Absalom put it to him, “This is what Ahithophel advised. Should we do it? What do you say?”

7-10 Hushai said, “The counsel that Ahithophel has given in this instance is not good. You know your father and his men, brave and bitterly angry—like a bear robbed of her cubs. And your father is an experienced fighter; you can be sure he won’t be caught napping at a time like this. Even while we’re talking, he’s probably holed up in some cave or other. If he jumps your men from ambush, word will soon get back, ‘A slaughter of Absalom’s army!’ Even if your men are valiant with hearts of lions, they’ll fall apart at such news, for everyone in Israel knows the kind of fighting stuff your father’s made of, and also the men with him.

11-13 “Here’s what I’d advise: Muster the whole country, from Dan to Beersheba, an army like the sand of the sea, and you personally lead them. We’ll smoke him out wherever he is, fall on him like dew falls on the earth, and, believe me, there won’t be a single survivor. If he hides out in a city, then the whole army will bring ropes to that city and pull it down and into a gully—not so much as a pebble left of it!”

14 Absalom and all his company agreed that the counsel of Hushai the Arkite was better than the counsel of Ahithophel. (God had determined to discredit the counsel of Ahithophel so as to bring ruin on Absalom.)

15-16 Then Hushai told the priests Zadok and Abiathar, “Ahithophel advised Absalom and the elders of Israel thus and thus, and I advised them thus and thus. Now send this message as quickly as possible to David: ‘Don’t spend the night on this side of the river; cross immediately or the king and everyone with him will be swallowed up alive.’”

17-20 Jonathan and Ahimaaz were waiting around at En Rogel. A servant girl would come and give them messages and then they would go and tell King David, for it wasn’t safe to be seen coming into the city. But a soldier spotted them and told Absalom, so the two of them got out of there fast and went to a man’s house in Bahurim. He had a well in his yard and they climbed into it. The wife took a rug and covered the well, then spread grain on it so no one would notice anything out of the ordinary. Shortly, Absalom’s servants came to the woman’s house and asked her, “Have you seen Ahimaaz and Jonathan?”

The woman said, “They were headed toward the river.”

They looked but didn’t find them, and then went back to Jerusalem.

21 When the coast was clear, Ahimaaz and Jonathan climbed out of the well and went on to make their report to King David, “Get up and cross the river quickly; Ahithophel has given counsel against you!”

22 David and his whole army were soon up and moving and crossed the Jordan. As morning broke there was not a single person who had not made it across the Jordan.

23 When Ahithophel realized that his counsel was not followed, he saddled his donkey and left for his hometown. After making out his will and putting his house in order, he hanged himself and died. He was buried in the family tomb.

24-26 About the time David arrived at Mahanaim, Absalom crossed the Jordan, and the whole army of Israel with him. Absalom had made Amasa head of the army, replacing Joab. (Amasa was the son of a man named Ithra, an Ishmaelite who had married Abigail, daughter of Nahash and sister of Zeruiah, the mother of Joab.) Israel and Absalom set camp in Gilead.

27-29 When David arrived at Mahanaim, Shobi son of Nahash from Ammonite Rabbah, and Makir son of Ammiel from Lo Debar, and Barzillai the Gileadite from Rogelim brought beds and blankets, bowls and jugs filled with wheat, barley, flour, roasted grain, beans and lentils, honey, and curds and cheese from the flocks and herds. They presented all this to David and his army to eat, “because,” they said, “the army must be starved and exhausted and thirsty out in this wilderness.”

O Livro

2 Samuel 17

1“Agora”, disse-lhe Aitofel, “dá-me doze mil homens para que vá atrás de David esta noite. 2/3 Cairei sobre ele enquanto está cansado e abatido, e as suas tropas ficarão em pânico e fugirão; procurarei matar apenas o rei, poupando os que estão com ele, os quais te trarei posteriormente.” Absalão e todos os anciãos de Israel aprovaram este plano.

No entanto Absalão ainda deu a seguinte ordem: “Perguntem a Husai, o arquita, o que é que ele pensa disso”. Quando Husai chegou, Absalão pô-lo ao corrente do plano de Aitofel, e perguntou-lhe. “Qual é a tua opinião? Achas que devemos seguir os conselhos de Aitofel? Se não tens a mesma opinião, fala à vontade.”

7/10 “Pois bem”, respondeu Husai, “desta vez Aitofel engana-se. Conheces bem o teu pai e os seus homens; são valentes guerreiros e provavelmente estão tão revoltados como uma ursa a quem tenham roubado as crias. Além disso, o teu pai, que é um velho soldado, não iria passar a noite no meio da sua tropa. Muito possivelmente está já escondido nalguma cova ou gruta. Quando aparecer para atacar, bastará que alguns dos teus homens caia para que se gere o pânico e todos se ponham a gritar em como a tua gente está sendo morta toda. Então até os mais bravos de entre eles, mesmo com o coração de leões, ficarão paralisados de medo. Porque todo o povo inteiro sabe como o teu pai é um homem poderoso e como são corajosos os seus soldados.

11/13 Portanto a minha sugestão é que mobilizes todo o exército de Israel, desde Dan até Berseba, para que a tua força seja grande. Acho mesmo que deverias conduzir pessoalmente esse exército. E quando nos encontrarmos com ele poderemos destruí-los na totalidade, sem que fique um só com vida. No caso do teu pai se ter escondido nalguma cidade, teremos de qualquer forma todo o exército de Israel sob as tuas ordens, e poderemos levar cordas, derrubar as muralhas e fazer delas um montão de pedras no vale mais próximo.”

14 Absalão e todas as outras pessoas acharam o conselho de Husai melhor que o de Aitofel. Mas era o Senhor quem estava a intervir para que a opinião deste último fosse derrotada, embora fosse mais sensata, para que a iniciativa de Absalão falhasse.

15 Husai disse a Zadoque e a Abiatar, os sacerdotes, o que Aitofel aconselhara e o que ele próprio contrapusera. 16 “Depressa!”, disse-lhes ele. “Procurem David e digam-lhe que não fique nas margens do Jordão esta noite, mas que passe já para além do deserto, se não, morrerá, ele e todo o seu exército.”

17/19 Jónatas e Aimaaz tinham ficado em En-Rogel, para não serem vistos a entrarem e a sairem da cidade. Tinham combinado antes, que uma criada lhes levaria a mensagem a ser entregue a David. No entanto houve um rapaz que os viu deixar En-Rogel para ir ter com David, e que veio dizê-lo a Absalão. Contudo eles puderam ainda ocultar-se em Baurim, onde alguém os escondeu dentro dum poço no seu jardim. A mulher desse indivíduo pôs um pano a tapar a boca do poço, deitou-lhe grão em cima, como se fosse para secar ao sol, e ninguém suspeitou do esconderijo.

20 Quando a gente de Absalão chegou ali e perguntou à mulher se tinha visto Aimaaz e Jónatas, ela disse-lhe que tinham atravesado o ribeiro e passado além. Assim, cansaram-se de os procurar e voltaram para trás. 21 Os dois filhos dos sacerdotes entretanto sairam do poço e correram até junto de David: “Rápido, atravessa já o Jordão, esta noite mesmo!” E deram-lhe a conhecer como Aitofel tinha aconselhado a que ele fosse capturado e morto. 22 David e todos os que estavam com ele atravessaram o rio durante a noite e de madrugada estavam do outro lado.

23 Aitofel, vendo que o seu conselho não foi seguido, albardou um jumento, foi para a povoação onde morava, pôs em ordem as suas coisas e enforcou-se. Assim morreu e foi enterrado junto do seu pai.

24/25 David em breve chegou a Maanaim. Absalão, durante esse tempo, mobilizou todo o exército de Israel e atravessou o rio Jordão. Nomeou Amasa como general do seu exército, em substituição de Joabe. (Amasa era primo em segundo grau de Joabe; seu pai era Itra, um ismaelita, e sua mãe, Abigail, filha de Naás, irmã de Zeruía, a mãe de Joabe.) 26 Absalão e as tropas israelitas acamparam na terra de Gileade.

27/29 Quando David chegou a Maanaim, foi muito bem recebido por Sobi (filho de Naás de Rabá, um amonita) e por Maquir (filho de Amiel de Lodebar) e por Barzilai (um gileadita de Rogelim). Trouxeram-lhes colchões, vasilhas de barro, trigo, cevada, farinha, grão torrado, favas e lentilhas também torradas, assim como mel, manteiga e queijo. Porque diziam: “Devem estar muito cansados, com fome e com sede depois de uma marcha tão longa pelo deserto”.