Endagaano Enkadde nʼEndagaano Empya

Isaaya 47

Babulooni Esalirwa Omusango

1“Omuwala wa Babulooni embeerera,
    kakkana wansi otuule mu nfuufu,
tuula wansi awatali ntebe ya bwakabaka,
    ggwe omuwala w’Abakaludaaya.
Ekibuga ekitawangulwangako.
    Toliddayo nate kuyitibwa kyatika oba nnalulungi.
Ddira olubengo ose obutta.
    Ggyako akatimba ku maaso,
situla ku ngoye z’oku magulu
    oyite mu mazzi.
Obwereere bwo bulibikkulwa;
    obusungu bwo bulyeraga.
Nzija kuwoolera eggwanga;
    tewali muntu yenna gwe ndirekawo.”

Omununuzi waffe Mukama Katonda ow’Eggye lye linnya lye,
    ye Mutukuvu wa Isirayiri.

“Tuula mu kasirise
    yingira mu kizikiza ggwe omuwala w’Abakaludaaya,
tebakyakuyita kabaka omukazi
    afuga obwakabaka obungi.
Nnali nsunguwalidde abantu bange,
    ne nyonoonesa omugabo gwange.
Nabawaayo mu mikono gyo,
    n’otobasaasira n’akatono.
N’abakadde wabateekako ekikoligo ekinene ennyo.
Wayogera nti,
    ‘Nzija kubeera kabaka omukazi emirembe gyonna,’
naye n’otolowooza ku bintu bino
    wadde okulowooza ku kyali kigenda okubaawo.

“Kale nno kaakano wuliriza kino,
    ggwe awoomerwa amasanyu
ggwe ateredde mu mirembe gyo,
    ng’oyogera mu mutima gwo nti,
‘Nze ndiwo era tewali mulala wabula nze.
    Siribeera nnamwandu
    wadde okufiirwa abaana.’
Ebintu bino byombi birikutuukako mangu nnyo mu lunaku lumu,
    eky’okufiirwa abaana
    n’okufuuka nnamwandu.
Birikutuukako mu kigera kyabyo ekituufu,
    newaakubadde obulogo bwo nga bungi okuyitirira,
    n’eby’obufumu byo nga bigenze wala.
10 Weesiga obutali butuukirivu bwo,
    n’olowooza nti, ‘Siriiko annondoola.’
Amagezi go era n’okumanya kwo byakuwabya,
    bwe wayogera nti, ‘Nze ndiwo, era teri mulala wabula nze.’
11 Kyokka ensasagge erikujjira
    era tolimanya ngeri yakugyeggyako;
n’okuzikirira kw’otoliyinza kweggyako na muwendo gwa nsimbi;
    akabi k’otolirabirawo kalikutuukako amangu ddala.

12 “Weeyongere nno n’obulogo bwo
    n’obufumu bwo obwayinga obungi,
    bwe wanyiikiriramu okuva mu buto bwo.
Oboolyawo olibaako kyoggyamu,
    oboolyawo olikolawo ekyobulabe.
13 Amagezi ago g’ofuna gakukooya bukooya.
    Abalagulira ku munyeenye basembera,
n’abo abakebera emmunyeenye,
    era aboogera ebiribaawo buli mwezi, babadduukirire mu bigenda okubatuukako.
14 Laba, bali ng’ebisusunku
    era omuliro gulibookya!
Tebalyewonya
    maanyi ga muliro.
Tewaliiwo manda ga kukubugumya
    wadde omuliro ogw’okwota!
15 Ekyo kye bayinza okukukolera kyokka;
    b’obonyeebonye nabo
    b’oteganidde okuva mu buto bwo.
Buli muntu alikwata ekkubo lye nga yeeyongera okukola ebibi bye
    era tewali n’omu ayinza okukulokola.”

Nova Versão Internacional

Isaías 47

A Queda de Babilônia

1“Desça, sente-se no pó,
    Virgem Cidade[a] de Babilônia;
sente-se no chão sem um trono,
    Filha dos babilônios.
Você não será mais chamada
    mimosa e delicada.
Apanhe pedras de moinho e faça farinha;
    retire o seu véu.
Levante a saia, desnude as suas pernas
    e atravesse os riachos.
Sua nudez será exposta
    e sua vergonha será revelada.
Eu me vingarei; não pouparei ninguém.”
Nosso redentor,
    o Senhor dos Exércitos é o seu nome,
é o Santo de Israel.

“Sente-se em silêncio, entre nas trevas,
    cidade dos babilônios;
você não será mais chamada
    rainha dos reinos.
Fiquei irado contra o meu povo
    e profanei minha herança;
eu os entreguei nas suas mãos,
    e você não mostrou misericórdia
    para com eles.
Mesmo sobre os idosos
    você pôs um jugo muito pesado.
Você disse: ‘Continuarei sempre sendo
    a rainha eterna!’
Mas você não ponderou estas coisas,
    nem refletiu no que poderia acontecer.

“Agora, então, escute,
    criatura provocadora,
que age despreocupada
    e preguiçosamente
    em sua segurança, e diz a si mesma: ‘Somente eu,
    e mais ninguém.
Jamais ficarei viúva nem sofrerei
    a perda de filhos’.
Estas duas coisas acontecerão a você
    num mesmo instante, num único dia,
perda de filhos e viuvez;
    virão sobre você com todo o seu peso,
a despeito de suas muitas feitiçarias
e de todas as suas poderosas
    palavras de encantamento.
10 Você confiou em sua impiedade e disse:
    ‘Ninguém me vê’.
Sua sabedoria e seu conhecimento a enganam
    quando você diz a si mesma:
‘Somente eu, e mais ninguém
    além de mim’.
11 A desgraça a alcançará
    e você não saberá como esconjurá-la.
Cairá sobre você um mal
    do qual você não poderá proteger-se
    com um resgate;
uma catástrofe que você não pode prever
    cairá repentinamente sobre você.

12 “Continue, então, com suas
    palavras mágicas de encantamento
e com suas muitas feitiçarias,
    nas quais você tem se afadigado
    desde a infância.
Talvez você consiga,
    talvez provoque pavor.
13 Todos os conselhos que você recebeu
    só a deixaram extenuada!
Deixe seus astrólogos se apresentarem,
    aqueles fitadores de estrelas
que fazem predições de mês a mês,
que eles a salvem daquilo
    que está vindo sobre você;
14 sem dúvida eles são como restolho;
    o fogo os consumirá.
Eles não podem nem mesmo salvar-se
    do poder das chamas.
Aqui não existem brasas
    para aquecer ninguém;
não há fogueira para a gente sentar-se ao lado.
15 Isso é tudo o que eles podem
    fazer por você,
esses com quem você se afadigou
    e com quem teve negócios escusos
    desde a infância.
Cada um deles prossegue em seu erro;
não há ninguém que possa salvá-la.

Notas al pie

  1. 47.1 Hebraico: Filha; também no versículo 5.