King James Version

Psalm 95

1O come, let us sing unto the Lord: let us make a joyful noise to the rock of our salvation.

Let us come before his presence with thanksgiving, and make a joyful noise unto him with psalms.

For the Lord is a great God, and a great King above all gods.

In his hand are the deep places of the earth: the strength of the hills is his also.

The sea is his, and he made it: and his hands formed the dry land.

O come, let us worship and bow down: let us kneel before the Lord our maker.

For he is our God; and we are the people of his pasture, and the sheep of his hand. To day if ye will hear his voice,

Harden not your heart, as in the provocation, and as in the day of temptation in the wilderness:

When your fathers tempted me, proved me, and saw my work.

10 Forty years long was I grieved with this generation, and said, It is a people that do err in their heart, and they have not known my ways:

11 Unto whom I sware in my wrath that they should not enter into my rest.

O Livro

Salmos 95

1Venham, cantemos para o Senhor!
Cantemos com toda a alegria
àquele que é a rocha que nos salva!
Vamos até à sua presença
com os corações cheios de louvores,
dirigindo-lhe cânticos!

Porque o Senhor é o Deus grande;
ele é o grande Rei que está acima de tudo
o que os homens consideram como deuses.
Nas suas mãos está o controlo da Terra,
tanto dos seus fundamentos
como das mais altas montanhas.
Foi ele quem fez o mar e formou a Terra,
por isso, tem o domínio sobre eles.

Venham e ajoelhemo-nos em adoração,
perante o Senhor que nos criou!
Ele é o nosso Deus.
Nós somos suas ovelhas e ele é o nosso pastor.

Se hoje ouvirem a sua voz,
“Não endureçam os vossos corações,
como no deserto em Meribá e em Massá,
naquele dia em que me provocaram.
Ali os vossos pais tentaram a minha paciência
e duvidaram de mim,
mesmo depois de terem visto tudo o que eu fiz.
10 Durante quarenta anos andei desgostoso com esta geração.
É um povo que erra constantemente;
eles não conheceram os meus caminhos.
11 Por isso, jurei, na minha cólera:
não entrarão no lugar do meu descanso!”