Knijga O Kristu

Poslanica Rimljanima 14

Opasnost od kritizerstva

1Prigrlite slaboga u vjeri i ne osuđujte ga zbog različitog mišljenja.

Netko, primjerice, vjeruje da se smije jesti sve. Ali drugi će vjernik, osjetljive savjesti, jesti samo povrće.

Oni koji smatraju da se smije jesti sve ne smiju svisoka gledati na one druge. A oni koji ne jedu neke vrste hrane ne smiju osuđivati one koji jedu jer je njih Bog prigrlio.

Tko si ti da osuđuješ Božjeg slugu? On je odgovoran svojemu gospodaru, koji mu jedini može reći što smije, a što ne. I Gospodin će mu pomoći da čini kako valja.

Slično tomu, neki ljudi smatraju neke dane svetijima od drugih, dok drugi sve dane drže jednakima. O tomu svatko treba imati svoje uvjerenje.

Koji imaju poseban dan za bogoslužje, iskazuju čast Gospodinu. Koji jedu sve vrste hrane, čine tako da bi iskazali čast Gospodinu jer zahvaljuju Bogu prije jela. A oni koji ne jedu sve, također žele ugoditi Gospodinu i također zahvaljuju Bogu.

Nismo mi sebi gospodarima ni dok živimo ni kad umiremo.

Dok živimo, živimo za Gospodina, a kad umiremo, umiremo za Gospodina. Zato i u životu i u smrti pripadamo Gospodinu.

Krist je umro i uskrsnuo upravo zato - da bude Gospodin i živima i mrtvima.

10 Zašto osuđuješ svojeg brata? Ili zašto prezireš svojeg brata? Ta svi ćemo stati pred Božji sud

11 jer u Svetome pismu piše:
    '"života mi mojega

12 Svatko od nas će dakle za sebe položiti račun Bogu.

13 Nemojmo stoga jedni druge osuđivati, nego živite tako da se braća zbog vas ne spotiču u vjeri.

14 Znam i uvjeren sam u Gospodinu Isusu da nikakva hrana po sebi nije nečista, nedopuštena za jelo. Ali vjeruje li tko da mu što nije dopušteno, onda nije dobro da to čini.

15 Ako žalostiš svojega brata time što nešto jedeš, a ipak to činiš, ne postupaš u ljubavi. Ne upropaštavaj zbog hrane onoga za koga je Krist umro

16 da te ne pogrđuju što činiš ono za što znaš da je dobro.

17 Jer Božje kraljevstvo nije u jelu i pilu, nego u pravednosti, miru i radosti u Svetome Duhu.

18 Budete li tako služili Kristu, ugodit ćete Bogu, a i ljudi će vas cijeniti.

19 Nastojmo živjeti u slozi i uzajamno se izgrađivati.

20 Ne razarajte Božje djelo zbog hrane! Nije ona po sebi nečista, ali je zlo da ju jedete ako to koga tjera na spoticanje u vjeri.

21 Dobro je ne jesti meso ili ne piti vino, ili ne činiti bilo što zbog čega bi se tvoj brat mogao spotaknuti.

22 Ako si uvjeren da u tome što činiš nema ničega lošega, neka to ostane između tebe i Boga. Blago onomu koji sebe ne osuđuje zbog onoga na što se odlučio.

23 Ali jede li tko a da nije siguran čini li grijeh, sam je sebe osudio jer ne postupa prema čvrstom uvjerenju. Čini li tko ono za što nije siguran je li grijeh, griješi.

O Livro

Romanos 14

Problemas de consciência

1Recebam sempre o melhor possível qualquer irmão, ainda que fraco na sua fé. Não discutam com ele sobre os seus escrúpulos. Uns crêem que se pode comer de tudo; mas outros há que pensarão que isso não está certo e irão ao ponto de comer só vegetais. E aqueles que não acham mal comer de tudo não devem desprezar os que apenas comem certas coisas, tal como também estes últimos não devem julgar os primeiros, porque Deus os aceitou como filhos. Eles são servos de Deus, e não vossos. É a Deus que dão contas, não a vocês. Por isso deixem que seja Deus a dizer­lhes se fazem bem ou mal. E Deus pode certamente levá­los a fazer o que devem.

Há também pessoas que pensam que os cristãos deveriam respeitar dias de festa dos judeus, como ocasiões especiais de adoração a Deus; mas outras pensam que todos os dias são igualmente ocasiões de servir Deus. Cada pessoa deve ter a sua convicção sobre este assunto. Afinal, aqueles que querem assinalar de forma especial determinados dias fazem­no para adorar Deus. Da mesma forma, quem come de tudo, sem escrúpulos de consciência, fá­lo também para o Senhor; a prova é que dá graças a Deus por aquilo que come. A pessoa que recusa certos alimentos, se faz assim é também porque está desejosa de agradar ao Senhor, estando igualmente grata a Deus.

Nós não somos donos de nós mesmos, de forma a vivermos ou morrermos segundo a nossa vontade ou conveniência. Quer vivamos, quer morramos, somos do Senhor, dependemos da sua vontade. Quando morrermos, iremos estar com o Senhor. Por isso, tanto na vida como na morte, pertencemos ao Senhor. Foi para isto mesmo aliás que Cristo morreu e ressuscitou, para ser Senhor das nossas vidas, quer vivamos, quer morramos.

10 Vocês não têm o direito de julgar os vossos irmãos, ou de os criticar com superioridade. Lembrem­se de que cada um de nós terá de prestar contas perante o tribunal de Deus. 11 Porque está escrito:

    “Tão certo como eu vivo, diz o Senhor,
    todo o joelho se dobrará perante mim
    e toda a língua confessará que sou Deus”.

12 Sim, cada um dará contas de si mesmo a Deus. 13 Por isso não se critiquem mais uns aos outros. Em vez disso, procurem viver de tal modo que nada do que fazem possa levar o vosso irmão a pecar, ou a ficar perturbado na sua consciência.

14 Quanto a mim pessoalmente, estou certo, porque assim mo ensinou o Senhor Jesus, de que não há nada de mal em comer comida considerada imunda pela lei. Contudo, se alguém pensa o contrário deverá fazer segundo a sua consciência, porque para ele é mal. 15 E se o teu irmão pode perturbar­se na sua consciência por aquilo que tu comes, não estarás a dar provas do amor de Deus em ti, se continuares a comer disso. Não faças com que aquilo que comes leve a perder aquele por quem Cristo morreu. 16 Não faças nada que te leve a ser criticado ainda que por coisas que sabes que estão certas.

17 Porque o reino de Deus não é uma questão do que comemos ou bebemos, mas de vivermos uma vida de bondade e paz e alegria no Espírito Santo. 18 Porque quem serve Cristo desta maneira dará alegria a Deus e será estimado pelos homens. 19 Tenham sempre como objectivo a paz uns com os outros, assim como o progresso da vida espiritual de cada um. 20 Não desfaçam a obra de Deus na vida de um irmão vosso por uma questão de comida. Lembrem­se que não há nenhum mal naquilo que se come; o mal é quando aquilo que se come pode afectar a vida espiritual de alguém. 21 Então o melhor a fazer será deixar de comer carne, ou de beber bebidas alcoólicas ou de fazer seja o que for que possa vir a afectar o vosso irmão e até levá­lo a pecar.

22 Estás convencido de que perante Deus não há mal naquilo que fazes? Pois reserva essa tua convicção entre ti e Deus. Feliz é o homem, na verdade, que não se sente condenado quando faz o que sabe estar certo. 23 Mas se alguém tem dúvidas sobre se deve ou não comer alguma coisa, não deve comer. Seria condenado por não agir com fé perante Deus. Se fizer alguma coisa que julga não estar certa, está a pecar.