Chinese Contemporary Bible (Traditional)

使徒行傳 18

保羅在哥林多傳道

1這事之後,保羅離開雅典前往哥林多, 在那裡認識了一位在本都出生的猶太人亞居拉。由於克勞狄命令所有的猶太人離開羅馬,他最近和妻子百基拉從義大利來到哥林多。保羅拜訪了他們。 他們夫婦跟保羅是同行,都以製造帳篷為業,保羅就留下來和他們同住,一起做工。 保羅每個安息日都到會堂與猶太人和希臘人辯論,勸導他們信主。

西拉和提摩太從馬其頓來了之後,保羅就把全部時間都用來傳道,向猶太人證明耶穌是基督。 可是,猶太人反對、毀謗保羅。保羅便抖掉衣服上的灰塵,對他們說:「你們的罪都歸在你們自己頭上,與我無關!從今以後,我要去外族人那裡了。」 保羅就離開那裡,來到一位敬畏上帝、名叫提多·猶士都的人家裡,他家就在會堂隔壁。 會堂主管基利司布和他全家都信了主,許多哥林多人聽了道後,也信了主,受了洗。

一天晚上,主在異象中對保羅說:「不要怕,只管繼續傳講,不要停! 10 因為我與你同在,沒有人能夠傷害你,在這城裡還有許多屬我的子民。」 11 保羅就在那裡住了一年半,傳授上帝的道。

12 迦流出任亞該亞總督時,猶太人聯合起來攻擊保羅,把他拉上法庭, 13 說:「這個人教唆百姓不按律法敬拜上帝。」

14 保羅剛要開口,迦流就對猶太人說:「你們這些猶太人!如果這事涉及什麼罪行冤情,我當然會處理。 15 但如果只是關於字句、名稱和你們猶太律法的爭論,你們自己去解決吧,我不受理!」 16 隨即把他們趕出了法庭。 17 到了庭外,眾人揪住會堂主管所提尼,把他痛打一頓。迦流卻置之不理。

保羅回到安提阿

18 保羅繼續在哥林多逗留了相當時日,才向弟兄姊妹道別。他和百基拉、亞居拉乘船前往敘利亞。保羅因為許過願,就在堅革哩剃了頭髮。 19 到了以弗所,保羅離開亞居拉夫婦,獨自進入會堂跟猶太人辯論。 20 眾人請保羅多留幾天,保羅婉言謝絕了。 21 他向眾人道別,說:「如果上帝許可,我會回來。」然後上船離開了以弗所。 22 他在凱撒利亞登岸後,先上耶路撒冷去問候教會,再下到安提阿。 23 他在安提阿逗留了一些日子,然後離開那裡,走遍加拉太和弗呂迦地區,到處堅固門徒的信心。

亞波羅放膽傳道

24 那時有一個生於亞歷山大、名叫亞波羅的猶太人來到以弗所。他博學善辯,熟悉聖經。 25 他在主的道上曾受過栽培,心裡火熱,能正確地講解和教導有關耶穌的事,但他只知道約翰的洗禮。 26 他在會堂裡勇敢地講道。百基拉和亞居拉聽了以後,便請他到家裡,將上帝的道更詳細地告訴他。 27 亞波羅有意去亞該亞,以弗所的弟兄姊妹就鼓勵他,並寫信請當地的門徒接待他。亞波羅到了之後,帶給當地蒙恩信主的人很大幫助。 28 他在公眾面前有力地駁倒猶太人,引用聖經證明耶穌就是基督。

O Livro

Atos 18

Em Corinto

11/2 Depois disto, Paulo saiu de Atenas e foi para Corinto, onde conheceu um judeu chamado Áquila, nascido no Ponto e que chegara recentemente da Itália com a mulher, Priscila. Tinham sido expulsos da Itália quando Cláudio César ordenou que todos os judeus saíssem de Roma. Paulo vivia e trabalhava com eles, pois, como ele próprio, tinham o ofício de fazer tendas.

4/5 Todos os sábados Paulo ia para a sinagoga, tentando convencer tanto judeus como gregos. Depois de Silas e Timóteo chegarem da Macedónia, Paulo passava o seu tempo a pregar e a provar aos judeus que Jesus era o Messias. Mas, quando os judeus se lhe opuseram e o insultaram, Paulo sacudiu a sua capa em sinal de protesto e disse: “Vocês recusam e permanecem perdidos! Pois a responsabilidade é inteiramente vossa. Quanto a mim estou inocente do que vier a acontecer­vos e passarei a ir pregar aos gentios.”

7/8 Depois disto, ficou em casa de Tito Justo, que adorava Deus e vivia ao lado da sinagoga. Crispo, dirigente da sinagoga, e toda a sua casa creram no Senhor. E muitas outras pessoas em Corinto que ouviram creram e foram baptizadas.

9/10 Certa noite, o Senhor falou a Paulo numa visão: “Nada receies! Fala! Não desistas! Estou contigo e ninguém te pode fazer mal. Há nesta cidade muita gente que me pertence.” 11 Assim, Paulo ficou ali mais ano e meio, ensinando a palavra de Deus.

12/13 Mas, quando Gálio se tornou governador da Acaia, os judeus uniram­se contra Paulo e levaram­no à presença do governador para ser julgado, acusando­o de convencer os homens a adorarem Deus de maneira contrária à lei romana. 14 Todavia, justamente quando Paulo ia começar a sua defesa, Gálio voltou­se para os acusadores e disse­lhes: “Escutem, judeus, se neste caso houvesse matéria de crime ver­me­ia obrigado a ouvir­vos; 15 mas uma vez que se trata de uma questão de palavras e nomes, e das vossas leis judaicas, encarreguem­se vocês do caso. Não estou interessado em ser juiz dessas coisas.” 16 E expulsou­os do tribunal. 17 Então agarraram em Sóstenes, o dirigente da sinagoga, e espancaram­no diante do tribunal, mas Gálio não ligou a menor importância.

Priscila, Áquila e Apolo

18 Paulo ficou na cidade de Corinto ainda vários dias e, despedindo­se dos cristãos, embarcou para a costa da Síria, levando consigo Priscila e Áquila. Em Cencreia tinha rapado a cabeça, de acordo com o costume judaico, pois fizera um voto. 19 Chegado ao porto de Éfeso, deixou os outros a bordo, foi à sinagoga e ali argumentou com os judeus sobre o evangelho. 20 Estes pediram­lhe que ficasse mais alguns dias, mas Paulo não aceitou a proposta. “Tenho forçosamente de estar em Jerusalém para as festas”, disse. 21 No entanto, prometeu regressar mais tarde a Éfeso se Deus o permitisse. E assim continuou a viagem. 22 A próxima paragem foi no porto de Cesareia. Dali, foi visitar a igreja em Jerusalém, seguindo depois para Antioquia. 23 Após passar algum tempo aí, tornou a partir para a província da Ásia, atravessando a Galácia e a Frígia, visitando todos os crentes, animando­os e ajudando­os a crescer no Senhor.

24 Sucedeu que acabara de chegar a Éfeso, vindo de Alexandria no Egipto, um judeu chamado Apolo, que conhecia bem as Escrituras. 25 Tinha sido ensinado sobre o caminho do Senhor e falava aos outros com grande entusiasmo e exactidão acerca de Jesus. Contudo, ele conhecia apenas o baptismo de João. 26 Quando Priscila e Áquila o ouviram pregar com ousadia na sinagoga, convidaram­no para a sua casa e explicaram­lhe mais exactamente o caminho de Deus.

27/28 Apolo tinha intenção de ir à Acaia, ideia que os crentes encorajaram. Escreveram, até, aos cristãos dessa região, recomendando­lhes que o aceitassem com agrado. Chegado à Acaia, Apolo foi grandemente utilizado por Deus no fortalecimento da igreja, pois derrotava com poder todos os argumentos dos judeus em debate público, mostrando pelas Escrituras que Jesus era, de facto, o Messias.