Chinese Contemporary Bible (Simplified)

哈巴谷书 1:1-17

1以下是哈巴谷先知得到的启示。

哈巴谷的抱怨

2耶和华啊,

我要向你呼救到何时,

你才垂听呢?

暴虐横行,我向你呼求,

你却不拯救。

3你为何让我目睹罪恶?

你为何容忍邪恶?

我眼前尽是毁灭和暴力,

到处是纷争和冲突。

4因此律法失效,

正义不彰,

恶人包围义人,

正义被扭曲。

耶和华的答复

5耶和华说:“你们环顾列国,

仔细察看,

必惊奇不已,

因为我要在你们的时代行一件事,

即使你们听说了也不会相信。

6我要使凶残、暴虐的迦勒底人兴起。

他们要席卷天下,

强占别人的家园。

7他们任意妄为,

令人胆战心惊。

8“他们的马比豹子还快,

比夜狼还猛。

他们的骑兵从远方飞驰而来,

如鹰扑食。

9他们残暴成性,

像狂风一样扑来,

抓获的俘虏多如尘沙。

10他们嘲笑君王,讥讽首领,

对一切坚城嗤之以鼻,

修筑高台将其攻取。

11他们如狂风横扫而过,

这些有罪的人把自己的力量奉为神明。”

哈巴谷再次抱怨

12耶和华,

我的上帝,我的圣者啊,

你从亘古就存在,

你永不消逝1:12 你永不消逝”另有希伯来文抄本作“我们不会死”。

耶和华啊,你派迦勒底人来审判;

磐石啊,你立他们作施罚者。

13你的眼目极为清洁,

见不得邪恶,

也不能容忍罪恶。

但你为何容忍奸恶之人呢?

恶人吞灭比他们公义的人,

你为何默然不语呢?

14你为何使人像海里的鱼,

像没有首领的爬虫呢?

15迦勒底人用钩子钩住他们,

用渔网网住他们,

用拖网把他们聚在一起,

并因此而欢喜快乐。

16迦勒底人向渔网献祭,

向渔网烧香,

因为他们靠渔网而富裕,

食物充足。

17难道他们要无休止地撒网,

无情地毁灭列国吗?

Nova Versão Internacional

Habacuque 1:1-17

1Advertência revelada ao profeta Habacuque.

A Primeira Queixa de Habacuque

2Até quando, Senhor, clamarei por socorro,

sem que tu ouças?

Até quando gritarei a ti: “Violência!”

sem que tragas salvação?

3Por que me fazes ver a injustiça,

e contemplar a maldade?

A destruição e a violência estão diante de mim;

há luta e conflito por todo lado.

4Por isso a lei se enfraquece,

e a justiça nunca prevalece.

Os ímpios prejudicam os justos,

e assim a justiça é pervertida.

A Resposta do Senhor

5“Olhem as nações e contemplem-nas,

fiquem atônitos e pasmem;

pois nos seus dias farei algo em que não creriam

se a vocês fosse contado.

6Estou trazendo os babilônios1.6 Hebraico: caldeus.,

nação cruel e impetuosa,

que marcha por toda a extensão da terra

para apoderar-se de moradias que não lhe pertencem.

7É uma nação apavorante e temível,

que cria a sua própria justiça

e promove a sua própria honra.

8Seus cavalos são mais velozes que os leopardos,

mais ferozes1.8 Ou ligeiros que os lobos no crepúsculo.

Sua cavalaria vem de longe.

Seus cavalos vêm a galope;

vêm voando como ave de rapina que mergulha para devorar;

9todos vêm prontos para a violência.

Suas hordas avançam como o vento do deserto,

e fazem tantos prisioneiros como a areia da praia.

10Menosprezam os reis e zombam dos governantes.

Riem de todas as cidades fortificadas,

pois constroem rampas de terra

e por elas as conquistam.

11Depois passam como o vento e prosseguem;

homens carregados de culpa

que têm por deus a sua própria força.”

A Segunda Queixa de Habacuque

12Senhor, tu não és desde a eternidade?

Meu Deus, meu Santo, tu não morrerás1.12 O Texto Massorético diz nós não morreremos..

Senhor, tu designaste essa nação para executar juízo;

ó Rocha, determinaste que ela aplicasse castigo.

13Teus olhos são tão puros

que não suportam ver o mal;

não podes tolerar a maldade.

Então, por que toleras os perversos?

Por que ficas calado enquanto os ímpios devoram

os que são mais justos que eles?

14Tornaste os homens como peixes do mar,

como animais1.14 Ou peixes, criaturas do mar, que não são governados por ninguém.

15O inimigo puxa todos com anzóis;

apanha-os em sua rede e nela os arrasta;

então alegra-se e exulta.

16E por essa razão ele oferece sacrifício à sua rede

e queima incenso em sua honra;

pois, graças à sua rede,

vive em grande conforto e desfruta iguarias.

17Mas continuará ele esvaziando a sua rede,

destruindo sem misericórdia as nações?