Священное Писание (Восточный перевод), версия с «Аллахом»

Заб 66

1Дирижёру хора. На струнных инструментах. Песнопение.

Будь милостив к нам, Аллах, и благослови нас;
    озари нас светом лица Своего, Пауза
чтобы земля познала Твои пути,
    все народы – Твоё спасение.

Да прославят Тебя народы, Аллах;
    да прославят Тебя все народы!
Пусть племена ликуют, поют от радости,
    потому что Ты судишь народы по справедливости
    и управляешь племенами земли. Пауза
Да прославят Тебя народы, Аллах;
    да прославят Тебя все народы!

Земля принесла свой урожай;
    да благословит нас Аллах, Бог наш!
Да благословит нас Аллах,
    чтобы боялись Его все концы земли.

O Livro

Salmos 66

Cântico e Salmo. Para o diretor do coro.

1Que a Terra inteira cante para Deus
com toda a alegria!
Que seja cantada toda a força do seu nome!
Que o mundo diga como Deus é maravilhoso!
Como são tremendas as tuas obras, ó Deus!
O teu poder é tão grande!
Não admira que os teus inimigos se rendam!
Toda a Terra te adorará e cantará louvores,
exaltando o teu nome. (Pausa)

Venham ver as obras de Deus,
as coisas admiráveis que tem feito por todos os povos!
Abriu-lhes um caminho através do mar,
e passaram-no a pé.
Alegremo-nos com isso!
Deus tudo domina eternamente,
pelo seu grande poder.
Observa constantemente as nações da Terra;
não se engrandeçam as gentes rebeldes. (Pausa)

Que os povos digam todo o bem que há em Deus;
que façam ouvir as suas vozes em seu louvor!
Porque sustenta a nossa vida nas suas mãos
e não deixa que resvalemos no caminho.
10 Tu, ó Deus, nos purificaste,
como a prata num cadinho.
11 Apanhaste-nos na tua rede;
puseste-nos às costas fardos bem pesados.
12 Homens cavalgaram sobre as nossas cabeças;
passámos pelo fogo e por torrentes de águas,
mas finalmente trouxeste-nos para a abundância.

13 Por isso, virei até à tua casa com holocaustos,
para pagar os meus votos.
14 Pois quando estava no meio da aflição
fiz-te essas solenes promessas.
15 Queimarei no teu altar animais gordos;
hei de oferecer-te carneiros, novilhos e bodes. (Pausa)

16 Venham ouvir, todos os que temem a Deus,
e contarei o que ele fez por mim.
17 Clamei por socorro;
exaltei-o com a minha boca.
18 Se tivesse guardado iniquidade no meu coração,
o Senhor não me teria ouvido.
19 Mas Deus ouviu-me;
prestou atenção à minha oração.
20 Bendito seja Deus que não recusou ouvir-me
e não me negou a sua misericórdia!