Akuapem Twi Contemporary Bible

Nahum 1:1-15

1Elkosini Nahum anisoadehu nhoma a ɛyɛ nkɔmhyɛ a ɛfa Ninewe ho.

Awurade Abufuw A Etia Ninewe

2Awurade yɛ ninkufo ne aweretɔ Nyankopɔn,

Awurade tɔ were, na abufuw ahyɛ no ma.

Awurade tɔ nʼatamfo so were,

na nʼabufuw tena wɔn so.

3Awurade bo kyɛ fuw, na ne tumi so,

na ɔtwe ɔfɔdifo aso.

Ne kwan wɔ mfɛtɛ ne ahum mu,

omununkum yɛ nʼanan ase mfutuma.

4Ɔteɛteɛ po na ɔma ɛyow;

ɔma nsubɔnten nyinaa yoyow.

Basan ne Karmel twintwam,

na Lebanon frɔmfrɔmyɛ nso kisa.

5Mmepɔw wosow biribiri nʼanim

na nkoko nan.

Asase, wiase ne wɔn a wɔwɔ mu nyinaa

wosow nʼanim.

6Hena na obetumi agyina nʼabufuw ano?

Hena na obetumi atena nʼabufuwhyew mu?

Nʼabufuw hwie te sɛ ogya;

abotan yam wɔ nʼanim.

7Awurade ye,

ɔyɛ ahohia mu guankɔbea.

Nʼani wɔ wɔn a wɔde wɔn ho to no so no so.

8Nanso, ɔnam nsuyiri nwonwaso so

bɛma Ninewe aba awiei.

Ɔbɛtaa nʼatamfo akodu sum kabii mu.

9Pɔw biara a wɔbɛbɔ atia Awurade no,

ɔbɛsɛe no;

ɔhaw biara remma nto so mprenu.

10Wɔde nsɔe bɛkyekyere wɔn ho,

na bere a wɔn nsa abow wɔn no

wɔbɛhyew wɔn sɛ nwuraguanee a wɔaboa ano.

11Ninewe, wo mu na

nea ɔbɔ pɔw bɔne tia Awurade

na otu fo bɔne no fi.

12Nea Awurade se ni:

“Ɛwɔ mu sɛ wɔwɔ nnamfonom a wɔdɔɔso de,

nanso wɔbɛsɛe wɔn ama wɔayera.

Yuda, ɛwɔ mu sɛ mama ɔhaw aba wo so,

nanso merenyɛ saa bio.

13Afei, mebubu konnua a ɛda wo kɔn mu

na matetew nkɔnsɔnkɔnsɔn no mu.”

14Ninewe, Awurade aka ɔhyɛ asɛm a ɛfa wo ho:

“Worennya asefo a wo din bɛda wɔn so.

Mɛsɛe nsɛsode a wɔasen ne ahoni a wɔagu

a esisi wʼabosonnan mu no.

Mesiesie wo da

efisɛ woadan ayɛ atantanne.”

15Hwɛ mmepɔw no so,

nea ɔde asɛmpa no ba no anammɔn

ɔno na ɔka asomdwoesɛm!

Yuda di wʼafahyɛ na

di wɔ bɔhyɛ so.

Nnipabɔne rentu wo so sa bio;

Wɔbɛsɛe wɔn pasaa.

O Livro

Naum 1:1-15

O furor do Senhor contra Nínive

1Esta é a mensagem que Deus deu a Naum, que vivia em Elcos, respeitante à condenação de Nínive. 2O Senhor Deus é muito zeloso em relação àqueles que ama. Por isso, o Senhor recompensa severamente aqueles que os ferem e destrói com firmeza os seus inimigos. 3O Senhor é lento em irar-se, mas quando a sua ira se acende, o seu poder é enorme e não perdoa o culpado. Revela o seu poder nos terrores dum ciclone, na fúria duma tempestade. As nuvens são o pó que os seus pés pisam. 4A uma ordem sua, os mares e os rios ficam secos, as luxuriantes pastagens de Basã e do Carmelo ficam amarelentas e sem viço, e as verdes florestas do Líbano murcham. 5Na sua presença as montanhas tremem e as colinas derretem-se; a Terra é abalada e todos os que nela habitam.

6Quem poderá manter-se perante a ira de Deus? A sua ira é semelhante ao fogo; as cordilheiras desfazem-se perante o seu poder.

7O Senhor é bom! Quando vem a angústia, ele é o lugar seguro; conhece bem todos os que nele confiam. 8No entanto, varre para longe os seus inimigos, como uma enxurrada; persegue-os durante toda a noite.

9Que ideia é a tua, ó Nínive, desafiares o Senhor? Só com o seu sopro poderá deter-vos; nem precisa de fazê-lo duas vezes! 10Sacode os seus inimigos para dentro da fornalha como se fosse um monte de espinheiros; ardem nas chamas como palha. 11Foi de ti, ó Nínive, que saiu aquele com intenções perversas que procura o mal contra o Senhor.

12“Ainda que levante um exército de milhões, declara o Senhor, acabará por desaparecer. Ó meu povo, já te castiguei o suficiente! 13Agora, quebrarei as tuas cadeias e libertar-te-ei do jugo da escravidão a que te sujeitaram os assírios.”

14E quanto a ti, Nínive, declara o Senhor: “Já ordenei o fim da tua dinastia. Os teus filhos não se sentarão mais no teu trono. Destruirei os teus deuses e os templos e farei com que desças ao túmulo, porque o teu pecado é do mais vil que há!”

15Vejam, os mensageiros estão a chegar, descendo das montanhas, com alegres notícias! Os invasores foram escorraçados, já podemos estar seguros! Ó Judá, proclama um dia de ação de graças e adora só o Senhor, como prometeste solenemente, porque este inimigo, vindo de Nínive, nunca mais voltará. Será banido para sempre, nunca mais será visto!